23.5 C
São Paulo
terça-feira, 25 de janeiro de 2022

O QUE É DEUS?

Intuitivamente, praticamente todo ser humano sente uma carência e um sentimento de uma entidade criadora. Essa carência é o distanciamento do Infinito Criador, e o sentimento íntimo consciencial da essência Criadora é parte integrante da constituição de nosso ser.

Deus simplesmente é. A criatura não pode entender o Criador, apenas intuir vaga e distantemente. Ele não é homem ou mulher, não tem a simples existência, é pura essência que irradia múltiplas e diversas existências. Não podemos definir Deus, o que se discursa são apenas conjecturas. Contudo podemos afirmar que Ele não é humano e nem tem tal característica. A Suprema inteligência cósmica é tudo aquilo que desconhecemos, e a pequena parcela do que conhecemos. O homem com sua prepotência, seu egocentrismo, tenta humanizar Deus. Acha-se a criatura mais inteligente do Universo, não refletindo que praticamente nada sabe. É como uma criança de dois anos que acredita que o mundo está circunscrito nas paredes ou quintal de sua casa. Tudo que a criança ainda não conhece, para ela não existe.

Fato é que existe uma Lei Universal de amor e justiça, que emana da Inteligência Suprema, que podemos chamar de Deus, o nome não importa. Os nomes são nossas criações. Essa Lei direciona a vida universal, portanto também a nossa.

Como nas leis da física moderna de Isaac Newton, a lei de ação e reação também se aplica em nossa jornada moral evolutiva. Toda inobservância de nossa conduta em desrespeito com outros seres, semelhantes, animais ou nosso Planeta acarreta-nos débitos. Tais devem ser quitados conforme a Lei Divina. Nada fica impune, pois o Universo é perfeição, é dinâmico e sua evolução constante. Assim estamos em constante renovação. Deus não castiga, educa. Se alguém sofre algum mal hoje é para sanar mazelas do passado. Talvez não nesta presente encarnação, mas em outra, assim tendo a oportunidade resgatar as condutas equivocadas de seu livre-arbítrio.

Se o acaso fosse verdadeiro, inexistiria Deus, pois quando se tem acaso tem-se injustiça. Imaginemos uma criança, que ao atravessar uma rua é atropelada. – Que injustiça! Onde está o Deus bondoso? Entretanto existe uma lógica que precisa ser estudada para obtermos a devida compreensão. Este conhecimento não é simples de ser obtido, como tudo o mais que nos engrandece, vêm com esforço, humildade e trabalho íntegro.

Podemos obter tal entendimento, primeiramente nos permitindo aceitar que nada sabemos de fato. A construção da verdade é permanente, pois não somos capazes de analisar experiencialmente pelo intelecto o que é emocional, que pode ser somente sentido e não pensado. Assim podemos dizer que Deus além da lógica é amor.

Deixe uma resposta

Leia mais