28.7 C
São Paulo
domingo, 12 de maio de 2024

Legado À Pandemia

E se amanhã acordar e ver que tudo não passou de sonho, pesadelo.

Se as máscaras todas caírem e ao contrário de alegria me surpreender com o oculto revelado em cada rosto agora desnudo, descoberto, exposto após a pandemia causticante vivida no sonho que se está a sonhar.

Iremos acordar certamente, sonhos e pesadelos nunca foram para sempre, eles também passam.

O oculto por traz de cada tecido que molduramos máscaras de proteção, não nos protege completamente, apenas nariz e boca por muitas vezes usamos mal e erradamente, não somos seres conscientes, não e tudo que atinge ao outro ira nos atingir também, assim é nossa cultura. Proteger o coração, a mente que se angustiava por traz do pano, gritava para dentro de cada um, grito   que atingia todos os bairros centros e periferias, Medo, incerteza, nunca nos monitoramos com tal selo.

Nenhum de nos foi simples figurante neste cenário, fomos e somos todo protagonista de igual e relevante importância. Lições vividas sem ensaio, cotinga, diretor ou similar.

A cortina se abriu sem anuncio, holofotes, sem alarde apenas contando com nossa solidariedade com o próximo como a nos mesmos. Esta foi a máxima! Somos percursores de nossas vidas, Trilogia correlacionada e o antidoto contra as aparentes superioridades muita vez imerecidas. A igualdade e nossa mensagem global para o momento Aprender, somar e poder contar aos que aqui chegarem após tudo terminar do que foi vivido.

Teremos orgulho do que a gente se esforçou para melhorar o planeta e a nós próprios? E que esta melhora nunca retroceda, nem dentro de nos nem na nossa Pátria amada.

O universo e generoso e bom, Deus e mais. Muitos perderam os dedos alguns até muitos dedos mais ficaram as mãos para louvar e agradecer, tudo e do pai Gratidão! Esta é a palavra que fica. Em mim se plantou o reconhecimento, e compreensão que não se descreve.

Castigo, Revolta? Jamais!  Obrigada Deus ate aqui só reconhecimento da sua misericórdia.

Tu podes tudo; o mundo e seu somos todos seus, cumpra em nos vossa vontade e infinita bondade. Precisamos nos melhorar, fazer enfim de nossos lares nosso santuário de amor e bênçãos. Tu nos quer tanto bem pai que nos custar acreditar que de te só recebemos bondade tamanha nossa pequenez Mais uma vez!  Pai Perdoe, eles não sabem o que falam.

E seja eternamente louvado!

  18 07 2020

Autora:

Maria das Graças de Paula

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio