17.1 C
São Paulo
quarta-feira, 21 de abril de 2021

Assédio Sexual Vivenciado Por Enfermeiras Em Hospitais: revisão integrativa

O assédio sexual no ambiente de trabalho percebe-se que é muito comum no âmbito hospitalar e algo presente no dia a dia das enfermeiras, as profissionais de saúde muitas são vistas como objeto sexual de desejo pois a imagem de enfermeira erotizam e sexualizam na mente dos agressores, fazendo com que as mesmas sofram assédio
sexual e estão vulneráveis a violência física e verbal na qual acarreta grande consequências para a vida dessas mulheres tanto profissional no atendimento ao cliente como na sua vida pessoal o medo de perder seus empregos e algo constante
entre elas interferindo na saúde dos profissionais de saúde e em suas trajetórias profissionais, O presente trabalho objetiva descrever mediante revisão de literatura situações de assédio sexual de enfermeiras ocorridos em hospitais, assim como identificar os envolvidos no assédio sexual das enfermeiras nos hospitais e também analisar as consequências do assédio sexual da vida das enfermeiras. Em termos metodológicos trata-se de uma revisão integrativa realizada com base na estratégia PICo. Com resultados de 65 artigos encontrados somente 12 abordaram o assunto ao
final da busca, Na discussão foi abordado as temática enfermeiras recém formadas, situação e consequência, perpetradores da violência e reação imediata, diante disto as situações de assédio sexual e bastante comum no período da noite, e quando os agressores se encontram sozinhos com as enfermeiras, os envolvidos mais citados são médicos, paciente, acompanhantes e colegas de trabalho, as consequências mais faladas foram. o medo, frustração, raiva, angustia, ansiedade diminuição do sono e o medo de ficar sem seus empregos se denunciarem o agressor.

Palavras-chave: Assédio sexual. Enfermeiras. Hospitais.

Autora:

Adriana Teixeira Sousa

Download:

Deixe uma resposta

Leia mais