22.8 C
São Paulo
sexta-feira, 8 de março de 2024
spot_img

Carnaval e diabetes: Dicas cruciais para manter a saúde em dia

Como manter os níveis de glicemia estáveis durante as festividades
À medida que o Carnaval se aproxima, é fundamental ressaltar cuidados essenciais que os foliões devem adotar antes de se jogarem em festinhas e blocos. Claro que a recomendação se aplica a todos os tipos de pessoa, mas portadores de diabetes devem ficar especialmente atentos ao nível glicêmico durante as festividades para curtir o feriado sem maiores problemas. Pensando nisso, buscamos orientações do Dr. Leandro Manhães, especialista em endocrinologia, para garantir que a celebração seja marcada pela alegria – mas sem negligenciar a importância da saúde.

Antes de tudo, a pessoa deve ficar atenta a mudanças drásticas no  dia-a-dia durante o período de festas.”A princípio, acredito que a quebra de rotina saudável seja a questão mais difícil. Para isso, seria necessário um empenho maior em organizar-se”, destaca Leandro. “Em especial, para os diabéticos, a prudência é imperativa nessa época, para que maiores problemas sejam evitados”, conclui.

Diante da agitação e da diversidade de opções alimentares encontradas em eventos carnavalescos, a organização e o planejamento tornam-se aliados essenciais para os pacientes diabéticos.  “Levar alimentos de casa pode ser uma alternativa”, diz Leandro. A recomendação do especialista é evitar passar do horário das refeições e manter-se hidratado constantemente, além de sempre ficar atento aos níveis glicêmicos.

Outro ponto crucial levantado pelo Dr. Leandro refere-se à ingestão de bebidas alcoólicas, que implica em grandes riscos para os diabéticos, principalmente devido ao perigo de hipoglicemias severas. “A hipoglicemia também pode ocorrer nos que exageram na folia, onde o gasto energético é muito maior. Para isso, recomenda-se alimentar-se adequadamente antes e sempre levar uma bala ou algum doce para situações emergenciais onde se torna necessário lançar mão de um alimento que forneça energia rápida”, destaca Leandro.

É fundamental que os pacientes diabéticos estejam atentos às suas necessidades nutricionais durante o Carnaval, equilibrando diversão, responsabilidade e saúde. Além disso, o Dr. Leandro Manhães ressalta que, mesmo em meio às festas, não se deve esquecer do básico: a continuidade das medicações. “Não pode ser esquecido o básico, que são as medicações, que de forma alguma devem ser interrompidas durante o período”, conclui.

A mensagem central de Leandro é clara: a festa não precisa ser um obstáculo para a saúde. Ao adotar medidas simples e conscientes, como a organização da alimentação, ingestão responsável de bebidas alcoólicas e a manutenção das medicações prescritas, é possível aproveitar o Carnaval de maneira plena e saudável.

Acompanhe o Dr. Leandro Manhães nas redes sociais:

https://www.instagram.com/leandro.manhaes/

Autor:

Gabriel Assumpção

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio