22.2 C
São Paulo
quarta-feira, 24 de abril de 2024

Escritório Rodrigues e Aquino Advocacia consegue decisão judicial que autoriza estudante de medicina a ter o FIES mesmo sem nota no ENEM

Escritório goiano é criador da tese que vem permitindo que centenas de estudantes conseguirem o FIES mesmo abaixo do ponto de corte.

Desde 2015 para se conseguir ter acesso ao FIES, o estudante precisa passar por inúmeros critérios de seleção.

Um desses critérios e, o mais temido pelos alunos, é o famoso ponto de corte que consiste na média aritmética das notas dos candidatos a uma vaga.

Em razão disso, hoje em dia, para conseguir uma vaga para o curso de medicina, um dos mais concorridos do país, o estudante precisa ter uma nota acima de 700 pontos no ENEM.

No entanto, um escritório de advocacia criou uma tese que vem possibilitando centenas de estudantes a terem acesso ao FIES mesmo sem atingir o ponto de corte.

O advogado Henrique Rodrigues, sócio do escritório que é especialista em direitos estudantis, explica que o atual sistema de ponto de corte cria uma concorrência desleal entre os alunos, o que inviabiliza o acesso ao ensino por diversas vezes.

Henrique conta que ao perceber a injustiça da nota corte criou a tese para ajudar estudantes que precisavam do FIES para estudar.

A tese foi criada em 2020 e de lá pra cá a justiça tem concedido diversas decisões autorizando os estudantes a terem acesso ao FIES mesmo sem nota.

Autoria:

Rodrigues & Aquino Advocacia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio