A Importância do Marketing Pessoal no Contexto Organizacional

0
398

O Que é Marketing Pessoal? Quais São os Dez Mandamentos do Marketing Pessoal? Qual a Importância da Comunicação Interpessoal?

Compreende-se Marketing como sendo um conjunto de procedimentos e ações que providenciam o desenvolvimento, o lançamento e o suporte de um produto – e/ou serviço – no mercado.

Assim, pode-se indagar o que seria o Marketing Pessoal? Trata-se da adoção de estratégias com o objetivo de fortalecer a imagem pessoal; ou seja, administrar e divulgar uma marca pessoal, a valorização do potencial individual (capacidades e competências) que possibilitam uma ascensão na carreira e oportunidades compatíveis com o perfil profissional (KOTLER, 2006).

Publicidade

Podemos considerar o Marketing Pessoal muito mais abrangente do que simplesmente ter códigos de vestimenta, comportamento e apresentação pessoal porque inclui o desenvolvimento de habilidades e talentos que se utilizam das ferramentas de marketing (KOTLER, 2006).

Portanto, é apropriada a definição a seguir que explica o Marketing Pessoal como sendo o “conjunto de ações planejadas que facilitam a obtenção de sucesso pessoal e profissional, seja para conquistar uma nova posição no mercado de trabalho, seja para manter sua posição atual.

Essas ações compreendem não só a divulgação de uma melhor imagem de nós mesmos, mas também o aprimoramento de nossas deficiências e o investimento em nossas qualidades (RITOSSA, 2009, p. 19). ”

A imagem tem muito valor para um indivíduo tanto no nível pessoal quanto no nível profissional. No mundo corporativo é muito importante que se busque posicionamento e reconhecimento no mercado, ser lembrado (a), procurado (a), desejado (a) e bem remunerado (a) por desenvolver continuamente estratégias que agreguem valor a si próprio (RITOSSA, 2009; KOTLER, 2006).

Então, o profissional necessita construir sua marca, sendo essa sua principal estratégia para defrontar-se diante da concorrência e desafios.

A marca individual exige que o mercado conheça quem é o profissional, seus atributos, diferenciais e benefícios que pode oferecer. O Marketing Pessoal somente é possível através da marca individual, ou seja, da identificação do profissional junto às pessoas e grupos sociais. Gehringer (2007) reúne um conjunto de orientações, que chama de Dez Mandamentos do Marketing Pessoal, para que os profissionais busquem desenvolver habilidades e competências.

  1. Liderança: O poder de influenciar as pessoas. Ser uma boa influência sobre os companheiros de trabalho.
  2. Confiança: A habilidade de transmitir segurança, de forma que seja procurado pelos demais para encontrar soluções.
  3. Visão: A percepção crítica das coisas; o entendimento do que e por que está se fazendo algo. Proporcionar melhorias e soluções para o desenvolvimento do trabalho.
  4. Espírito de Equipe: Saber trabalhar em conjunto; auxiliar os demais sem interesses ou que solicitem ajuda.
  5. Maturidade: Capacidade de solucionar conflitos Integridade: Fazer o seu trabalho sem prejudicar a ninguém, ser ambicioso dentro dos limites de crescimento.
  6. Visibilidade: Ser voluntário, participar de apresentações, projetos e tarefas que possibilitem desafios e crescimento.
  7. Empatia: Saber elogiar e reconhecer os méritos da equipe, valorizar o trabalho dos parceiros e aprender com eles.
  8. Otimismo: Sempre pensar de forma positiva, saber lidar com as críticas e ter percepção positiva diante de todos os desafios.
  9. Paciência: Ter calma para lidar com as pessoas e situações. Saber identificar as oportunidades no momento certo.
  10.  Integridade: Fazer o seu trabalho sem prejudicar a ninguém, ser ambicioso dentro dos limites de crescimento.

A Comunicação Interpessoal

A comunicação interpessoal possibilita que as pessoas comuniquem seus pensamentos, transformando-se na base da interação humana, uma tarefa contínua de troca de experiências, normas e informações (tendo base o repertório cultural, formação, vivências etc.) com o propósito de informar e motivar mutuamente atitudes e pensamentos. Sendo assim, a comunicação interpessoal acontece:

“De forma verbal, pela palavra escrita ou falada e de forma não verbal, pela expressão corporal (gestos, expressões do rosto). Mesmo em silêncio, a pessoa expressa o que realmente quer ou sente através do seu corpo por gestos, expressão facial e o tom de voz, que, no momento da transmissão da mensagem, falam muito mais do que, às vezes, se quer transmitir”. (BODIOT et al., 2007, p. 4).

O processo de comunicação pode encontrar dificuldades para que tenha sucesso, ocasionando algumas vezes mal-entendidos e conflitos interpessoais. Uma das grandes barreiras da comunicação é o medo. Muitas vezes, uma pessoa pode se sentir inadequada, reprimida ou ter preocupação excessiva com a opinião alheia, não comunicando sua visão dos fatos (BODIOT, et al., 2007).

Mas, como é possível melhorar tal processo? Pode-se considerar os fatores abaixo, os quais auxiliam no processo de comunicação interpessoal tornando-a mais eficaz:

  • Empatia: A capacidade de se colocar no lugar de uma outra pessoa auxilia a pensar e compreender antes de enviar uma mensagem. Sempre pensando no que será falado.
  • Expressões Faciais: Observar expressões faciais podem nos orientar a compreender o que outro está pensando e sentindo. Por exemplo, uma confusão pode ser indicada por uma ruga; a incredulidade, pelo levantar das sobrancelhas; o antagonismo, pelo cerrar dos maxilares.
  • Maneiras de Andar: Cada pessoa tem sua maneira de andar dependendo da estrutura física, motivações e sentimentos. Por exemplo, uma pessoa desanimada pode andar arrastando os pés, com as mãos nos bolsos, levantam raramente a cabeça e nem olham para onde estão andando.
  • Segurança: Gestos ou atitudes que demonstram segurança ou não. Por exemplo, pessoas que procuram segurança podem colocar uma caneta ou um lápis na boca, para roer ou chupar ou pessoas que se mostram na defensiva cruzando os braços.
  • Autodomínio: A capacidade de controlar sentimentos e ações, como por exemplo o nervosismo.
  • Autenticidade: Capacidade de ser verdadeiro e genuíno.
  • Escutar Atentamente: Ouvir com cuidado o que a outra pessoa está expressando.

Deixe uma resposta