25.8 C
São Paulo
sábado, 24 de fevereiro de 2024

Vai levar o pet para viajar? Confira essas dicas antes!

Segurança, alimentação e saúde pedem cuidados especiais durante viagens

Anote as dicas para viajar em segurança com seu amigo

O fim do ano se aproxima e as viagens vão sendo marcadas e confirmadas. E os pets vão junto, claro! Mas para viajar com os animais, alguns cuidados são imprescindíveis, viu? Então, antes de fazer as malas, é melhor anotas as dicas dadas pelo empreendedor pet Fábio Teodoro, da Pethere, marca nacional de rastreadores para gatos e cachorros, pioneira no serviço de localização por GPS, usando 4G. Confira!

Dê uma passadinha no veterinário

Mesmo que o bichinho esteja saudável, vale marcar uma consulta antes de ir para uma avaliação final. Além disso, é uma ótima oportunidade para tirar dúvidas e anotar recomendações médicas sobre a viagem. “Não se esqueça de solicitar um atestado para viagem, caso a agência ou hotel peça”, lembra Fábio. 

Tenha uma caixa de transporte adequada

Se for necessário comprar uma nova caixa para transportar o pet, vale uma atenção especial para o material, tamanho, resistência e conforto. Leve em consideração o peso do animal e, principalmente, seu comportamento durante viagens. 

Comida e água não podem faltar

Se o percurso for longo, procure fazer algumas paradas no caminho para alimentação, hidratação e necessidades. Além disso, é fundamental dispor de água fresca e pequenas porções de alimento, como rações. 

Use uma coleira com rastreador

Se em casa já existe perigo do bichinho fugir, imagina viajando? Poder rastreá-lo trará a segurança necessária! “O rastreador vai tornar as férias mais leves, visto que protegerá o pet. Ele estará em um ambiente novo, talvez com fogos, e isso causa estresse, motivando uma possível fuga”, alerta Fábio. 

O rastreador da Pethere usa sinal GPS por 4G (Divulgação)

Ele explica que o rastreador da Pethere é colocado na coleira e controlado pelo aplicativo, que comporta cadastros de até dez pets. E nada de parar a diversão dos animais por medo, viu? O dispositivo é à prova d’água, podendo tomar chuva ou ser usado na praia, por exemplo. Basta definir sua área de segurança e monitorar, com avisos em tempo real e bateria que pode durar até 24 horas. 

“Faça um checklist com todos esses itens para que nada fique de fora e vá riscando. Assim, as férias serão ainda mais tranquilas e seguras, sem surpresas desagradáveis”, finaliza o CEO da Pethere. 

Autora:

Thaís Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio