20.9 C
São Paulo
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

A diversidade e a inclusão de grupos minoritários na construção civil brasileira: uma reflexão

O presente artigo, tem o objetivo pesquisar os desafios e a importância das políticas de diversidade na indústria da construção civil brasileiras, de forma a torná-las cada vez mais plural e competitiva principalmente na inclusão das mulheres no setor, que majoritariamente é dominada por homens. Na busca de métodos na construção do diálogo e no aumento da participação de grupos excluídos, trazendo maior equilíbrio na composição diversificada onde não existam o predomínio de raças, etnias, gênero, portadores de necessidades especiais, religiões etc. Abordando o quão rico ficam os debates, as trocas de experiências, estimulando a criatividade, a flexibilidade neste ambiente de trabalho, que além de plural, proporcionam, resultados positivos com pluralidade de ideias e inovação, responsabilidade social econômicas e financeiros, objetivando três grandes pilares na gestão estratégica, o socialmente responsável, o aumento de competitividade e lucratividade. Abordando as mudanças de paradigmas, e a retirada da zona de conforto de seus líderes e liderados e a eficácia desta perspectiva no aprimoramento dos processos decisórios, e para alcançar tais objetivos, foi utilizada a metodologia de pesquisa bibliográfica com abordagem qualitativa, na elucidação de como deixar o ambiente de trabalho da construção civil mais plural, e os desafios para setor líderes e liderados, na busca dos melhores resultados da adoção de políticas de inclusão da diversidade.

Palavras-chave: Construção Civil. Diversidade na Construção Civil. Políticas de Inclusão.
Desigualdades.

Autor:

Marcos Jose Bomfim Dos Santos 

Download:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio