22.2 C
São Paulo
terça-feira, 16 de abril de 2024

O que é água azul, água verde e água cinza?

Tipos de água

Um dos recursos mais preciosos da Terra está diminuindo, e seu declínio afeta a vida de todos na Terra. Sua escassez é cara em termos econômicos, biológicos e ecológicos.

Devido à dimensão do desafio que a disponibilidade da água coloca para a humanidade, a Sociedade das Ciências do Solo dos Estados Unidos (SSSA) está propondo a adoção de uma nomenclatura que explicite os diversos “tipos de água” com que os pesquisadores lidam, uma vez que o modo de lidar com cada um é bastante diferente.

Para que todos saibam de que água se está falando em cada caso, a Sociedade propõe dividir nossa preciosa água em três classes: Água azul, água verde e água cinza.

O que é água azul?

A água azul é aquela encontrada em lagos, rios e reservatórios. É a que você vê em zonas úmidas, ou pode ser bombeada de aquíferos abaixo da superfície. A água azul disponível é usada para muitos fins, incluindo a água potável. Ela é usada nas residências e por empresas, como os fabricantes de bebidas.

Ela também é usada como água de irrigação para a agricultura. De fato, a agricultura usa cerca de 70% da água azul disponível, e é por isso que os pesquisadores estão procurando maneiras de reutilizar outros tipos de água.

A água azul é “recarregada” pela precipitação, seja como chuva ou como neve derretida. Mas, à medida que construímos mais cidades, edifícios, ruas e estradas pavimentadas, essa água não tem como retornar ao seu ciclo natural em muitas regiões, fluindo para os nossos sistemas de águas pluviais e, não raramente, causando enchentes.

Pavimentos permeáveis, telhados verdes e outras soluções ajudam a capturar e manter essa água limpa.

O que é água azul, água verde e água cinza?
A água verde está envolvida com o mundo vegetal.
[Imagem: Grey Water Corps]

O que é água verde?

A água verde é a água disponível no solo para as plantas e microrganismos. É a água absorvida pelas raízes, utilizada pelas plantas e liberada de volta à atmosfera através do processo de transpiração.

A água verde também pode deixar o solo por evaporação ou escoamento subterrâneo, mas é considerada produtiva apenas quando é utilizada para a transpiração das plantas.

Vários fatores determinam a quantidade de água necessária para que uma planta cresça: A temperatura, a quantidade de sol e vento e a umidade do ar. Esses fatores alteram a quantidade de água verde que uma cultura precisa e, portanto, quanta irrigação pode ser necessária além da chuva em uma área. O objetivo geral é obter mais colheita por gota de água e diminuir a necessidade de irrigação.

Algumas soluções para obter mais da água verde são a redução das áreas cultivadas e o uso de plantas de cobertura. As culturas de cobertura podem sombrear o solo e diminuir a perda de água da superfície do solo. Da mesma forma, as práticas de plantio direto deixam resíduos da colheita no solo e evitam a evaporação. As culturas de cobertura e as práticas de plantio direto também evitam a erosão e o escoamento do solo, mantendo os solos no lugar e incentivando a água a penetrar no solo, em vez de escorrer pela superfície.

O que é água azul, água verde e água cinza?
A água cinza é aquela que aprendemos a recuperar em nossas estações de tratamento.
[Imagem: Grey Water Corps]

O que é água cinza?

Para complementar a água verde, os cientistas estão de olho no que eles chamam de água cinza.

O termo é normalmente aplicado à água que foi usada anteriormente e pode conter algumas impurezas. A água cinza tem sido usada por cidades, residências e indústrias. É o efluente que geralmente é tratado e descartado.

Em outros termos, a natureza faz a água azul e a água verde, e os humanos fazem a água cinza conforme aprendem a reutilizá-la.

Mas qual é a quantidade de água cinza disponível? De fato, há muita água cinza por aí. Ela pode vir das pessoas lavando as mãos, lavando seus vegetais ou limpando suas calçadas.

Além do esgoto doméstico, as indústrias produzem uma quantidade significativa de água cinza em suas operações. Uma grande fábrica de processamento de vegetais consome tanta água quanto uma cidade de 100.000 habitantes. E, em muitas áreas, a produção de energia usa tanta água quanto a agricultura irrigada.

Reutilizar a água cinza pode diminuir o consumo de energia em até 80%: Como a água já foi bombeada do solo, a energia adicional que seria usada para extrair mais água azul é economizada. Essa reutilização não apenas cria mais água verde para as plantas, mas também economiza água azul, proporcionando vários outros benefícios.

Embora a água cinza precise ser tratada, ela não precisa ser tratada até um nível puro. Água suficientemente tratada pode ser lançada em uma lavoura, e o solo saudável terminará o tratamento filtrando-a e removendo produtos químicos, porque o solo é o maior biofiltro do mundo! Assim como a água verde, a qualidade do solo é um fator importante no reúso da água cinza.

Outro benefício do reúso de águas cinzas é a reciclagem de nutrientes. Embora a água seja tratada, ela ainda contém quantidades significativas de nutrientes que são necessários para as culturas. Quando a água é colocada de volta no solo, os nutrientes restantes vão com ela. A reciclagem desses nutrientes não apenas ajuda a aumentar o rendimento das culturas, mas também significa que os nutrientes ficam fora das águas superficiais e subterrâneas, onde poderiam afetar a qualidade da água.

FONTE: Sociedade das Ciências do Solo dos Estados Unidos (SSSA)

José Ruiz Watzeck
José Ruiz Watzeckhttps://escolassempatria.blogspot.com/
Jornalista, Escritor, Autor, Geógrafo, Matemático, Professor, Neuropsicopedagogo, Especialista em Docência do Ensino Superior, Pós graduado em Auditoria, Gestão e Licenciamento Ambiental, Pós graduado em Geoprocessamentos e Georreferenciamentos, Pedagogo, especialista em Astronomia e Astrofísica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio