26.3 C
São Paulo
quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Insatisfação com a escola na pandemia é 2 vezes maior na rede pública

São José dos Campos – SP 14/1/2022 – O resultado da pesquisa comprova o abismo entre a educação pública e particular que ficou ainda mais evidente com a pandemiaEstudo mostra que pais da rede pública estão insatisfeitos com o ensino e pretendem mudar os filhos para a rede particular que tenha preços mais baixos.

A pandemia de Covid-19 levou todos os países do mundo a uma crise sanitária e econômica. Mesmo após uma redução significativa dos casos, ainda é possível observar os efeitos que ela trouxe, como, por exemplo, o enorme número de desemprego no Brasil.

Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), no terceiro trimestre de 2021, quase 30% dos 13,5 milhões de desempregados do Brasil estavam há mais de 2 anos buscando uma vaga. Além disso, o levantamento que tem como base dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), mostra que a taxa de desemprego ficou em 12,5% no trimestre.

Nesse sentido, com boa parte da população desempregada, as famílias tiveram que realizar alguns cortes nos seus orçamentos. Uma pesquisa realizada pelo Melhor Escola, marketplace de educação básica, apresenta que a Covid-19 teve um grande impacto na economia das famílias. Sendo assim, os dados mostram que 84,53% dos entrevistados tiveram a renda impactada de alguma forma (perdendo pouco, muito e até totalmente a sua renda).

O estudo feito com mais de 1.600 pessoas através de formulários digitais demonstrou também que 40% dos pais com filhos na rede pública estavam insatisfeitos com as escolas durante a pandemia. Esse número é quase 2 vezes maior dos com filhos na instituição privada (22%).

Segundo Sérgio Andrade, sócio-fundador do Melhor Escola, “O resultado da pesquisa comprova o abismo entre a educação pública e particular que ficou ainda mais evidente com a pandemia”.

Dessa forma, isso demonstra que as famílias estão cada vez mais exigentes no que diz respeito ao ensino dos seus filhos. Nota-se também que houve um aumento do interesse dos pais em transferir seus filhos para escolas particulares desde que elas tenham preços mais acessíveis.

A pesquisa completa com todas as informações, incluindo o que as famílias pretendem fazer em 2022 em relação à educação, podem ser vistas através do link a seguir: https://bit.ly/3tp3H7V

O portal Melhor Escola, desde 2013, conecta alunos a escolas da Educação Básica. Dessa forma, o site além de contar com informações de todas as escolas cadastradas no MEC (mais de 180 mil), incluindo avaliações de pais, alunos, ex-alunos e professores, também oferece descontos nas mensalidades das escolas parceiras (mais de 7.000).

Website: https://www.melhorescola.com.br/

Deixe uma resposta

Leia mais