19.4 C
São Paulo
sábado, 29 de janeiro de 2022

Varejo brasileiro recupera mais de R$ 2,7 milhões nas vendas em outubro, mostra F360º

Indicador Recuperômetro, elaborado pela fintech, também mostra mais de R$ 160 milhões recuperados pelos lojistas em suas transações com cartões em 2021

Mais tímido (resumo do texto)  

Em outubro de 2021, o varejo brasileiro teve recuperação menor em suas transações realizadas com cartões no comparativo com outros meses. O indicador Recuperômetro, feito pela F360°, plataforma de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e o médio varejista, aponta que a solução da empresa recuperou aos varejistas R$ 2.766.539,00 no mês. No acumulado do ano, o valor é de R$ 160.458.648,00. Desde sua criação, em 2017, o montante é de R$ 771.973.935,00

Ainda que o mês de outubro de 2021 abrigue o Dia das Crianças, o mês é conhecido por anteceder a Black Friday. Assim, houve uma recuperação financeira menor nas transações. É o que aponta o Recuperômetro, indicador feito pela F360°, plataforma de gestão financeira com conciliação automática de vendas por cartão para o pequeno e o médio varejista.  

Nesse mês, a solução da empresa mostrou aos varejistas a possibilidade de resgatar R$ 2.766.539,00 em suas vendas efetuadas por meio de cartão de crédito. No último levantamento, o valor foi de R$ 3.210.522,56.

O acumulado dos dez primeiros meses do ano mostra um total de R$ 160.458.648,00. Desde o início do levantamento, em 2017, o valor registrado pela plataforma é de R$ 771.973.935,00. O Recuperômetro é um indicador da F360° que exibe o valor financeiro que o lojista pode recuperar em suas transações.  

Compras efetuadas com cartão de crédito sem passar por conciliação nas vendas representam um risco grande para o varejista, que pode pagar taxas adicionais sem ter sido consultado e até mesmo ter alguma venda não reconhecida. Com o apoio da plataforma da F360°, é possível fazer a gestão de todas as taxas cobradas e vendas processadas pelas adquirentes, além de outras facilidades como gestão de fluxo de caixa, contas a pagar, conciliação bancária e DRE (Demonstrativo do Resultado do Exercício).

“Com as vendas físicas retornando aos índices pré-pandemia, houve um menor número de transações por cartão – o que explica a redução do total recuperado. Além disso, as vendas tendem a ser maiores em novembro e dezembro, que coincidem com Black Friday e compras de fim de ano”, comenta Henrique Carbonell, CEO da F360°.  

Sobre a F360°     

A F360° é uma startup com a missão de transformar a gestão de varejo de franquias e do pequeno e do médio varejista desenvolvendo a melhor ferramenta de gestão do Brasil. O objetivo é gerar eficiência operacional, evitar perdas financeiras aos seus usuários e potencializar as vendas. Desenvolvida por – e para – o varejista, a plataforma oferece, em uma única ferramenta, integração de todos os processos de gestão de uma franquia ou de pequeno e médio varejo. A empresa faz parte da HiPartners, um ecossistema de investimentos focado em empresas inovadoras e com alto potencial de crescimento dentro do conceito de New Retail. Para saber mais, acesse https://www.f360.com.br/.   

Autora:

Kênia Pereira dos Santos

Deixe uma resposta

Leia mais