Sem floresta não tem água

1
149
Fonte: BRASIL-COLETA

O Brasil possui seis biomas e o bioma Amazônia tem sido destaque nas últimas décadas, por se tratar de um bioma com um tamanho considerável e de marcada importância em termos de biodiversidade, além de influenciar no clima do território brasileiro, assim como no clima global. Esse bioma compreende a maior floresta tropical do mundo, cobrindo nove países da América do Sul, além da maior bacia hidrográfica do mundo. Essa bacia contem, aproximadamente, 20 % da água doce do planeta Terra. O bioma Amazônia apresenta uma vegetação diversificada, com variedades de espécies de plantas, com diferentes tamanhos e adaptadas a diferentes circunstâncias. O clima é quente e úmido e a temperatura tem pouca amplitude térmica.

A floresta ao transpirar fornece a chuva que precisamos. O ciclo da água no Brasil depende da Amazônia. Com a diminuição e a degradação da floresta acelerando drasticamente, o bioma da Amazônia pode ter chegado a um ponto irreversível, com consequências devastadoras para todo o planeta.

Fonte: BIOTEC – Amazônia

Todas os biomas brasileiros tem sofrido, com a ação antrópica, muita pressão. Desmatamentos tem sido a ação sobre esses meios mais marcante. Essa ação tem trazido consequências desastrosas sobre os recursos hídricos, sobre o clima, sobre a vida animal, a biodiversidade, resultando em impactos tremendo sobre os recursos naturais do nosso país.

Publicidade

Agora mesmo, passamos por uma crise hídrica, que vai afetar a produção agrícola, o consumo de água pela população, dentre outros. As hidrelétricas estão sofrendo colapso (diminuindo consideravelmente a produção de energia elétrica para a população, para as indústrias, dentre tantos segmentos), assim como na agricultura, ocasionando prejuízos econômicos imenso para a sociedade como um todo.

A população brasileira tem que entender o papel que a Amazônia tem sobre o território brasileiro. Essa população não é esclarecida sobre esse papel, nem pela mídia, nem pelos gestores brasileiros. Muito se tem falado que a Amazônia é nossa e que nós é que temos que discutir o papel da sociedade em relação ao futuro dessa região. Apesar da globalização, principalmente na economia, alguns brasileiros ainda pensam que o futuro da Amazônia não pode ser discutido com outras nações. Receber o dinheiro internacional para a preservação desse bioma, é de bom alvitre, mas discutir o futuro desse bioma… Bom, esse é outro problema! A Amazônia é brasileira! Esse nacionalismo inconsequente, pode gerar sérios problemas para o futuro do Brasil! A Amazônia é uma produtora de água! É um “motor” que distribui água para todo o sul do continente! Ela não só tem um papel para o Brasil, mas para o mundo! Assim, o mundo tem que participar das decisões sobre o seu futuro, não somente com recursos financeiros, como através das decisões sobre seu futuro. Não se trata de vender esse bioma! Trata-se de salvar o seu futuro.

Durante a primavera/verão a incidência de energia solar sobre o hemisfério Sul é maior e essa maior quantidade de energia aumenta a evapotranspiração nesse bioma, devido a presença de muita água proveniente dos rios e, principalmente, da vegetação. Essas águas, por efeito de dinâmica climática e orografia é canalizada para o interior do continente brasileiro. São os chamados Rios Voadores (denominação popular) ou também conhecido como Zona de Convergência da América do Sul (ZCAS). Desta forma, águas provenientes desse domínio, alimentam as bacias hidrográficas da região sul e sudeste do Brasil, principalmente. Esse é um papel importante que esse bioma tem sobre o clima brasileiro, ou seja, a regulação do clima, em grande parte do Brasil, passa pela dinâmica climática da região Norte brasileira. As bacias hidrográficas da região sul e sudeste são reguladas pela água da Amazônia. A retirada dessa floreta resultará em diminuição da água para essas regiões, portanto os rios passarão a ter menos água. Dessa forma, proteger o bioma Amazônia é fundamental para a sobrevivência econômica do Brasil. É isso que importa! Não desmatar mais, basta! Preservar e ampliar o papel dessa floresta. Acabar com a ideia que o agronegócio tem em relação aquele (e a outros) biomas brasileiros. Nossa vida depende desses biomas. A retirada da floresta para gerar mais pastagem ou mais fazendas de soja e milho é um crime. Esse crime resultará em um desastre sem precedente para a sociedade brasileira presente e futura.

Autor:

Jonas Nery

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta