23.5 C
São Paulo
terça-feira, 25 de janeiro de 2022

TAG

poesia

Na real…

Poema mês dezembro 2021 sobre sair do mundo virtual da era digital e contemplar o belo e o que não é tão belo fora das máquinas artificiais.

Se(m)n(ti)r

Me sento em frente a ti,  mas nada sinto. Como sentir após  tanto tempo sem ti? Se sentir-te era o sentimento em si, sem ti é impossível inviável incolor e dolorido sentir. Me sento em frente...

Black Friday

Hoje eu vou gastar! Não sei com o que, Mas eu quero e  vou gastar. Vou ver o que preciso, o que eu quero, o que não quero e não preciso. Gastar...

Baga de amor

Poema mês novembro

Primor

Poema mês outubro dedicado as crianças

A Visitante Noturna

Alberto sentiu antes de acontecer.  Sua esposa estava dormindo, suas filhas também. Ele estava sozinho na sala, como de costume. Fumando um paieiro e vendo um jogo...

O Bastante

Quanto é suficiente? Depende de para quem você perguntar. Para alguns, o privilégio de poder lhe responder já basta. Para outros, é preciso mais. Bem mais. Porém, bem menos...

Meu Jardim

Em meu jardim, vivo em função de mim. Por aqui não existem bombas ou flores alheias. Apenas as minhas. Não compartilho de suas tempestades ou dias ensolarados.  Apenas...

Classificado

Procura-se amizades improváveis

Ansiedade

A hora não passa. Mas o tempo sim. Tempo valioso sendo gasto, esperando a hora passar. "Devo me mexer", você pensa. Pensa, mas não faz. Pensar é só o que...

Latest news