26.3 C
São Paulo
quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

CATEGORIA

Poesia

Dois mil e vinte e dois

Poema com sincero desejo de excelente ano novo

Esses tempos

Liberto-me desse amargo tempo,tempo de intolerância, insano tempo.As amarras não se apagaram, somos escravos,escravos do medo, da fome, dessas incertezas. Voraz o tempo que nos...

Na real…

Poema mês dezembro 2021 sobre sair do mundo virtual da era digital e contemplar o belo e o que não é tão belo fora das máquinas artificiais.

Destoantes

Dessa memória implacável sobrou o vício,perseguido no espaço e no tempo desses desencontros.Atropelado pelo hábito comum, ignorando esses desatinos,segredado nos bares, nessas noites frias...

Memoriae

Epigrama PastoribusOves in campo errant.Lupique tantumCena sunt. ChuvaManhã de chuvaAntiga janelaE a mulher de sombrinhaPasseia pela rua. CarvalhoVelho carvalhoRespingos escorrem pelasCurvas da madeira-Memórias terá de um...

Se(m)n(ti)r

Me sento em frente a ti,  mas nada sinto. Como sentir após  tanto tempo sem ti? Se sentir-te era o sentimento em si, sem ti é impossível inviável incolor e dolorido sentir. Me sento em frente...

Milady Sophie

Linguadamente seus lábios tocaram nos meus; Sem atrito, os meus deslizaram nos seus doces; Um suspiro profundo tomou conta de nós; Os arrepios não se puseram distante,...

Black Friday

Hoje eu vou gastar! Não sei com o que, Mas eu quero e  vou gastar. Vou ver o que preciso, o que eu quero, o que não quero e não preciso. Gastar...

Lamento ao meu Sertão!

Sertão, Sertão,Ôh, meu Sertão!Como não ver a beleza da rachadura da Terra SecaFazendo desenhos em forma de fendas.Era o jeito de distrair a mente...

O Pássaro e a Senhora

Ela sempre teve medo.  Medo, principalmente, de ter medo.  Medo de sentir o medo de quem ama. Medo de amar, por consequência.  Por ter tanto medo, foi viver...

Últimas Notícias