23.9 C
São Paulo
quinta-feira, 7 de março de 2024
spot_img

Seus filhos descansaram durante as férias escolares? Entenda a importância do descanso neste período

Inegavelmente, o foco e o empenho durante o ano letivo são imprescindíveis para o aprendizado das crianças. No entanto, o descanso e as brincadeiras também desempenham papel fundamental para este processo, incluindo o período de férias escolares, que contribui para o desenvolvimento socioemocional e cognitivo dos estudantes.

Segundo um estudo realizado pela Academia Norte-Americana de Pediatria (AAP), envolvendo escolas dos Estados Unidos, as férias são imprescindíveis para o aprendizado dos pequenos, auxiliando na consolidação do conteúdo estudado durante as aulas, aumentando a disposição para os próximos meses e facilitando a absorção de novos conteúdos.

Diante deste contexto, é valioso que o estudante entenda que tudo tem seu tempo determinado, uma vez que há momentos que devem ser dedicados aos estudos e tempo para o lazer e descanso.

A partir disto, durante o período das aulas, o estudante deve estabelecer uma disciplina de estudo diário que permita acompanhar o ritmo de avalições e atividades do colégio, para que possa, durante as férias escolares, recompor a sua energia e se divertir.

Evitando a exaustão física e emocional

Existem profissionais que recomendam o estudo diário durante as férias, especialmente para estudantes do Ensino Médio. Nesta corrente de pensamento, a proposta é estudar pelo menos um pouco todos os dias durante o recesso, propondo que a interrupção afeta o ritmo do estudo. A defesa é que essa continuidade facilitará o retorno no próximo ano letivo, permitindo retomar habilidades e em alguns casos até avançar nos conteúdos.

Por outro lado, grande parte dos especialistas argumenta que a pausa total durante as férias é crucial para evitar o cansaço excessivo e manter a motivação dos estudantes. Além disto, o excesso de estudo pode levar à exaustão, não só física, mas também emocional. Por este motivo, as pausas tornam-se importantes para assegurar o bem-estar e saúde mental dos jovens.

Esse cansaço gerado a partir do excesso de estudos pode ser perceptível mesmo durante o ano letivo, com sinais como: dificuldade para acordar para aula, redução do interesse pelas atividades escolares, lentidão para realizar atividades diárias, esquecimento, entre outros.

Alinhando aprendizagem e descanso durante o período de férias escolares

Durante as férias, é benéfico que as famílias tenham dedicado um tempo de qualidade para promover experiências de conexão afetiva com os filhos. Afinal, ao longo do ano, com as dificuldades da rotina, nem sempre é possível explorar da melhor forma espaços de convívio e as dinâmicas essenciais na relação entre pais e filhos.

Incluir noites de leitura coletiva, rodada de debates sobre filmes, dia de jogos de tabuleiro e flashback musical, por exemplo, podem resultar em oportunidades divertidas e que proporcionam uma partilha intergeracional valiosa.

Atividades lúdicas que também promovam o desenvolvimento socioemocional, o aprendizado em saber perder, respeito às regras e escuta, são importantes de serem fortalecidas em qualquer faixa etária.

Outro ponto importante é que as famílias tenham utilizado o período de férias como uma rica oportunidade para ampliar o capital cultural dos estudantes e seu repertório de leitura do mundo. Conhecer novas realidades, explorar histórias do passado, conviver com pessoas de outras culturas são ricas fontes de desenvolvimento e aprendizado e possibilitam ao estudante a conexão entre a teoria aprendida com aspectos da realidade.

Desta forma, essa correlação facilita o processo de aprendizagem e a retenção do conhecimento. A partir disto, é fundamental que os estudantes tenham explorado o aprendizado com atividades criativas e culturais, planejando junto aos pais visitas a museus, sessões de filmes e viagens, unindo o desenvolvimento intelectual com a conexão dos vínculos familiares.

E, mesmo que a família sua família não tenha viajado, explorar a própria cidade, conhecendo parques, museus, espaços públicos, monumentos, movimentos culturais locais, já podem ter sido o suficiente para ampliar as referências dos estudantes.

As pausas para renovar energias também são importantes ao longo do ano. Reservar horários para descanso nos finais de semana é essencial para manter uma rotina de estudos saudável.

Portanto, para garantir um início produtivo neste novo ano letivo, é imprescindível que os jovens e crianças tenham desfrutado de um período adequado de descanso durante as férias. Afinal, o tempo dedicado ao relaxamento e à conexão familiar foi fundamental para recarregar as energias e explorar novas experiências para além da sala de aula.

Agora, chegou o momento de se beneficiar do equilíbrio entre aprendizagem e lazer para enfrentar novos desafios educacionais com entusiasmo, proporcionando um caminho sólido para um ano letivo rico em aprendizado e crescimento.

Autora:

Aline Aparecida de Oliveira é Coordenadora Educacional da unidade de Belo Horizonte da Rede de Colégios Santa Marcelina, instituição que alia tradição à uma proposta educacional sociointeracionista e alinhada às principais tendências do mercado de educação.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio