23.9 C
São Paulo
quinta-feira, 7 de março de 2024
spot_img

RH para além de produtos: a era marcada pela busca por experiências e soluções personalizadas

Com inúmeros novos produtos no mercado e diversas soluções para um mesmo problema, é fato que o mercado está cada vez mais abarrotado de itens que se propõem a resolver todo tipo de dor. Entretanto, nos últimos anos, testemunhamos uma transformação significativa nos hábitos de consumo, não apenas no setor varejista, mas também no ambiente corporativo.

O mundo está rapidamente evoluindo para um modelo em que as pessoas e as empresas buscam consumir experiências, em vez de simples produtos. Este fenômeno não passa despercebido no universo de BPO (Business Process Outsourcing) de soluções de Recursos Humanos, onde a compreensão e adaptação a essas mudanças tornam-se imperativas.

Abordagens focadas em experiência obedecem a novas características importantes do consumidor brasileiro. Isso porque, de acordo com o estudo da CX+ Brasil, 47% dos consumidores do País priorizam investir em experiências em vez de posses materiais. Além disso, de acordo com análise global da Kantar, 81% das pessoas consideram a experiência uma necessidade. Um dado interessante é que, para a Geração Z* (89%) para os Millenials* (86%), essa priorização é ainda maior.

Produtos x Experiências

No passado, as empresas buscavam soluções de RH que fossem eficientes, escaláveis e financeiramente viáveis. No entanto, com o avanço da tecnologia e a mudança nas expectativas dos colaboradores, observamos uma transição significativa. Hoje, as organizações não buscam apenas fornecedores de serviços de RH; existe também a priorização por parceiros que ofereçam experiências que agreguem valor ao seu ambiente de trabalho. A expectativa é que em 2024 esse movimento ganhe ainda mais força.

Com tantas tecnologias emergentes e inúmeros processos e benefícios para gerenciar dentro do setor de Recursos Humanos, o BPO tem se tornado uma opção intuitiva para muitas organizações. Para além da praticidade e da funcionalidade de contar com a integração de sistemas e serviços altamente tecnológicos, existe também a experiência que esse tipo de serviço garante, sobretudo no que diz respeito à prestação de um serviço altamente personalizado.

Sabemos que o departamento de RH conta com alguns processos morosos e complexos. Diante disso, garantir que exista um suporte altamente especializado para nortear ou até mesmo assumir essas tarefas, tende a ser a experiência que desafoga esse setor que faz parte do core business de todo negócio.

Na Propay, por exemplo, nosso principal diferencial está na personalização e suporte diário dessas empresas. Nosso foco não é disponibilizar apenas ferramentas e, sim, acompanhar e analisar os pontos fortes e fracos de cada RH e garantir que ofertamos os melhores caminhos para otimizar ao máximo todos os processos do setor de gestão de pessoas.

Expectativas do colaborador

No Brasil, assim como na maioria dos países, os colaboradores modernos não estão apenas interessados em salários e benefícios. Esses profissionais valorizam cada vez mais uma cultura organizacional que promova o equilíbrio entre trabalho e vida, desenvolvimento profissional contínuo e um ambiente de trabalho que seja inclusivo e inovador.

Dentro desse contexto, empresas especializadas em outsourcing de soluções de RH devem adaptar suas ofertas para atender a essas expectativas também. Afinal, a retenção e satisfação dos funcionários são um ativo imprescindível para o sucesso de qualquer empresa.

Para além da experiência que oferecemos para as empresas, existe também uma alta demanda para a construção de uma excelente experiência para o colaborador. Em uma boa estratégia soluções para o negócio, principalmente para o RH, as necessidades e soluções andam lado a lado.

Tecnologia enquanto facilitadora de experiências

A tecnologia desempenha um papel fundamental na entrega de experiências excepcionais. Plataformas de RH inovadoras, inteligência artificial e análise de dados oferecem oportunidades para personalizar soluções, antecipar necessidades e garantir uma experiência de usuário mais intuitiva. O investimento em tecnologia não é mais uma opção e, sim, uma necessidade para se manter competitivo.

Com os ideais de uma companhia bem alinhados, as ferramentas tecnológicas podem ser as principais aliadas para otimizar processos e desafogar o trabalho do RH. Dessa forma, os profissionais do departamento passam a dispor de mais tempo para lidar com tarefas estratégicas.

Abordagem centrada no cliente

Estabelecer um serviço pautado na experiência exige uma abordagem centrada no cliente. Embora as empresas compartilhem dores parecidas, é crucial entender a importância de analisar as necessidades específicas de cada uma e, a partir disso, adaptar as soluções de RH para que elas se encaixem perfeitamente na dinâmica de cada negócio. A personalização e a flexibilidade são fatores que oferecem um grande diferencial na era da experiência do cliente.

A era da experiência e personalização

Em um mundo onde os consumidores, sejam eles indivíduos ou empresas, buscam cada vez mais experiências em vez de produtos, é indispensável que o mercado acompanhe essa mudança.

A compreensão sobre as novas preferências dos hábitos de consumo é essencial para que qualquer negócio perdure. No setor de RH, por exemplo, a abordagem centrada no cliente, o uso de tecnologias conectadas e o compromisso com a diversidade são cruciais para que uma empresa permaneça relevante e competitiva.

Ao abraçar essa evolução, as companhias de RH não apenas atendem às expectativas do mercado, mas também se posicionam como facilitadoras de experiências transformadoras para colaboradores e organizações. Em meio ao consumo exagerado, gerar conexões e momentos personalizados pode ser a solução. Afinal, essa abordagem auxilia na construção de hábitos de compra mais sustentáveis, além de garantir maior diferencial competitivo para os negócios.  

*Os millenials são os nascidos após o início da década de 1980 até, aproximadamente, a primeira metade da década de 1990. Já a Geração Z é composta por nascidos entre a segunda metade da década de 1990 até 2010.

Autor:

Igor Franklin Gomes é diretor de negócios digitais na Propay, uma das principais empresas de tecnologia do Brasil com foco em RH.  O executivo tem mais de 20 anos de experiência no setor de gerenciamento de negócios e tecnologia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio