25.2 C
São Paulo
sábado, 24 de fevereiro de 2024

Prêmio RGB homenageia instituições e profissionais que adotam boas práticas de Governança

Prêmio RGB homenageia instituições e profissionais que adotam boas práticas de Governança

O Prêmio RGB 2023 – que já está na sua quarta edição – foi realizado na última sexta-feira (01/12), no estúdio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), no Setor Bancário Norte, em Brasília. O evento contou com cerca de duzentos seletos convidados, incluindo autoridades de todo o país, políticos, servidores públicos, gestores (públicos e privados), técnicos, professores das mais diversas áreas e com a imprensa local. O intuito foi enaltecer práticas exemplares na Administração Pública e reconhecer aqueles que implementam os três pilares da Governança: liderança, estratégia e controle, em sua gestão.

Quem não teve oportunidade de estar na solenidade – realizada pela Rede Governança Brasil e pelo Instituto Latino Americano de Governança e Compliance Público, pode conferir tudo pelo Youtube , a qualquer momento . São quase 3 horas de evento, incluindo a premiação e o coquetel, que ocorreu no final.

Além de homenagear órgãos públicos, autarquias, fundações públicas, estatais e pessoas da sociedade de economia mista que trabalham em prol da Governança, o prêmio também teve momentos para valorizar o trabalho voluntário de membros da RGB. Atualmente, a rede conta com mais de 600 deles (oriundos do Brasil e de outros países, como Portugal, Peru, Argentina, Suécia, Inglaterra, Suíça, Japão e Chile). Eles têm habilidades multi e interdisciplinares, e pertencem a todas as esferas, públicas e privadas, incluindo: Federal, Estadual, Distrital e Municipal, e vêm realizando um trabalho voluntário memorável para a população brasileira, tornando a Administração pública e privada mais íntegra, efetiva, eficaz e eficiente.

Neste ano, a premiação teve novidades, o que tornou o evento ainda mais grandioso. Então, além das três categorias principais categorias (Estatais, Sociedades de Economia Mista e Paraestatal; Administração Pública Federal, Direta e Autárquica;  Legislativo Federal, Poder Judiciário e Funções Essenciais à Justiça da União), a solenidade contou com uma categoria inédita, que premiou municípios de pequeno, médio e grande porte, além de um prefeito líder, reconhecendo o esforço na busca por melhores práticas de Governança, por meio do Prêmio PRONAGOV.

Para quem não conhece, o PRONAGOV é um programa nacional de Governança, 100% gratuito, que já é sucesso absoluto! Ele oferece capacitação, orientação técnica e ferramentas para os municípios brasileiros terem uma gestão mais eficiente e transparente, o que acaba resultando em melhorias para a população. Os resultados são visíveis e muito significativos para o crescimento do país! Agora, aqueles que fizeram as mentorias, que se especializaram e colocaram em prática tudo o que foi aprendido, se destacaram e foram homenageados nesta premiação. Até o momento, mais de 300 milhões de pessoas já foram impactadas – direta e indiretamente – com o PRONAGOV; e mais de 300 municípios já foram atendidos pelo programa.

Bom, mas vamos aos detalhes desta bela premiação. Primeiro, é preciso ser dito que o evento não poderia ser realizado se não tivesse o apoio e patrocínio de tantas pessoas. A Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Instituto Protege, a WV Logistics e o Portal de Contratações Públicas patrocinaram o prêmio. E o Conselho Federal de Administração (CFA), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC), o Movimento Brasil Competitivo (MBC), a Escola Brasileira de Direito (EBRADI), a FIX Governança & Gestão, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a BandNews e a Plano Consultoria deram apoio, de alguma forma.

Prêmio RGB homenageia instituições e profissionais que adotam boas práticas de Governança

O evento começou às 18 horas. Aos poucos, os convidados foram chegando. Na entrada do estúdio da CNI tinha um tapete vermelho para recepcioná-los. Assim que a pessoa entrava no local, ao olhar a esquerda, se deparava com um ambiente cheio de luzes, balões dourados e um fundo infinito perfeito para tirar fotos, bem brilhante. Após descer as escadas, tinha uma mesa com salgados e doces; e logo em seguida, as cadeiras. O palco, azul, tinha dois púlpitos e um painel côncavo, onde os vídeos foram apresentados.

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a Controladoria Geral da União (CGU) foram os vencedores da categoria “Instituição da Administração Pública federal, direta e autárquica”. O Serviço Federal de Processamento de Dados (SERPRO) e a Empresa Gerencial de Projetos Navais (ENGEPRON) ganharam troféus na categoria “Estatais, Sociedades e Economia Mista e Paraestatal. A terceira categoria premiada foi a de “Instituições do Legislativo Federal, Poder Judiciário e funções essenciais à Justiça da União”, e quem ganhou foi o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Na categoria de municípios com até 20 mil habitantes, os vencedores foram: Solonópole (CE) e Porto Xavier (RS). Já na categoria de cidades com até 50 mil habitantes, quem ganhou os troféus foram: Diamantina (MG) e Três de Maio (RS). Na sequência, vieram os vencedores de municípios com até 100 mil habitantes: Três Pontas (MG) e de Primavera do Leste (MT). E, por fim, Salvador (BA) e São José do Rio Preto (SP) foram os grandes ganhadores da categoria de municípios com mais de 100 mil habitantes. Depois disso, veio o anúncio do nome do prefeito destaque deste ano;  e quem ganhou foi o João Henrique Caldas, de Maceió, Alagoas (representado pelo assessor de Governança da Prefeitura de Maceió, Antônio Pinaud).

Na ocasião, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e embaixador da Rede Governança Brasil, Augusto Nardes, ressaltou a dificuldade para colocar em prática ações de governança municipal em todas as esferas do país – tanto nas estruturas que tangem à União, como nas que formam os estados e municípios – mas, se mostrou otimista no que se refere a evolução das ferramentas de Governança, que tem sido muito importantes para a sociedade, de forma geral. Segundo ele, para entregar resultados, é necessário seguir os três princípios da governança: direcionar, avaliar e monitorar.

_ “É um caminho árduo, mas é necessário perseverar, persistir para vencer. Eu estou muito feliz de ver que a rede cumpre seu quarto ano já recuperando todas essas pessoas que não tinham muita noção do que é Governança e já tendo prefeitos com destaque em todo o Brasil. Então mostra que quando existe essa capacidade de focar em alguma coisa, com princípios e ferramentas adequadas como a integridade, a transparência, avaliação de riscos, que são ferramentas de Governança muito importantes para a gente aperfeiçoar a Administração Pública Brasileira, o cenário muda. E o Prêmio RGB é uma forma de reconhecer quem está fazendo a coisa certa”_, disse o ministro Augusto Nardes.

A premiação também contou com a entrega de medalhas “Ordem do Mérito RGB”; de um quadro com o “Selo de Excelência em Governança” para a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); de menções honrosas internas e externas; teve homenagens a coordenadores da RGB que mais se destacaram ao longo de 2023; destaque para o melhor produto da RGB, que mais uma vez foi o Programa de mentorias. E, no término, os presentes participaram de um coquetel oferecido pela chef Renata La Porta ao som da banda Rádio Flix.

Prêmio RGB homenageia instituições e profissionais que adotam boas práticas de Governança

Claudia Cataldi
Claudia Cataldi
Claudia Cataldi é Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais, formada em Jornalismo, Publicidade, Tecnologia em Processamento de Dados e Direito. Especialista em Governança e Compliance, é Diretora de Comunicação e Marketing da Rede Governança Brasil e Presidente da Associação Brasileira de Imprensa de Mídia Digital e Eletrônica-RJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio