28.3 C
São Paulo
sábado, 24 de fevereiro de 2024

Apartamento de 187 m² combina madeira e concreto aparente em perfeita harmonia com design sofisticado

Projeto do arquiteto Pietro Terlizzi se destaca com os acabamentos fidedignos das paredes, pisos e forros em material nobre: o destaque exclusivo é para a sanca da cozinha, executada em madeira e finalizada com iluminação

No coração da zona oeste de São Paulo, no bairro da Pompeia, um apartamento de 187 m² passou por uma incrível transformação pelas mãos do arquiteto Pietro Terlizzi. Com um olhar criativo, ele renovou completamente o espaço com a incorporação da madeira para o acabamento de pisos, paredes e forros em um afinamento acolhedor e contemporâneo com elementos estruturais do imóvel, como as vigas e os pilares em concreto aparente

O desafio era conceber uma identidade que atendesse às necessidades de um casal com dois filhos adolescentes, junto com um dos principais pedidos reforçados por eles: a integração dos ambientes sociais. Nessa empreitada, Pietro não decepcionou e promoveu duas principais conexões: cozinha com a sala de jantar e o living com home theater, em uma proposta que refletiu não apenas o estilo de vida dos moradores, como alcançou o status de um lugar perfeito para recepcionar amigos e familiares. 

Na sala de jantar o arquiteto Pietro Terlizzi infundiu a harmonização dos elementos de acabamento. Para tanto, forro e piso, ambos em madeira cumaru, emolduram a sala em um contraponto com o concreto e o cinza, além do verde natural das plantas. Nos detalhes, o quadro de madeira entrega recordações e histórias, visto que fazia parte de uma antiga porta do apartamento | Fotos: Guilherme Pucci 

sala de jantar é o primeiro ambiente deste apartamento que dentro da reforma se transformou radicalmente. “Na planta original, a distribuição dos cômodos desfavorecia o convívio, tornando a família bastante segregada dentro do imóvel“, recorda-se. Para mudar esse cenário, a eliminação da sala íntima, que existia entre a sala principal e os quartos, permitiu ampliar a metragem da cozinha, bem como a integração da ala social. 

O projeto incutiu a repaginação da cozinha, com marcenaria da SCA Jardim Europa. Com móveis desenhados pelo escritório de Pietro Terlizzi, o espaço também se destaca pelo uso da madeira no forro, marcado pela sanca iluminada Fotos: Guilherme Pucci 

No fundo da cozinha, a bancada de neolith branco ficou esteticamente agradável com os armários de madeira Mandorla, da SCA Jardim EuropaO nicho, do mesmo material da bancada, se destacou na marcenaria e propiciou um toque especial ao ambiente. A cristaleira elaborada com revestimento mandorla, possui portas de alumínio na cor grafite, vidros translúcidos e pinos para apoio das garrafas.

ilha de neolith branco se tornou um ótimo espaço para o preparo dos alimentos. Um pedido do morador para Pietro Terlizzi foi a cristaleira com adega, próxima à cozinha, que possibilita apreciar um bom vinho. Os detalhes rústicos das vigas aparentes se fundem com a modernidade do décor e nos diversos tons de cinza | Fotos: Guilherme Pucci 
Neste living projetado por Pietro Terlizzi, as prateleiras são de chapas de ferro com pintura eletrostática. Estrela da área social, o muxarabi permite “esconder” as folhas de vidro da porta recolhida, dando uma sensação maior de integração dos espaços | Fotos: Guilherme Pucci 

Junto com o home theater, o living se tornou um ambiente multifuncional. O tom cinza do sofá, as poltronas e o tapete proporcionam um décor suave, permitindo que a marcenaria e móveis de madeira se destacassem. Ademais, a iluminação estratégica valoriza as texturas, materiais, cores e torna o clima bem mais aconchegante. 

A estante da TV de madeira Mandorla (SCA Jardim Europa) foi a protagonista do home theater idealizado por Pietro Terlizzi. Com um charme especial, foi executada sob medida e conta com um nicho de neolith cinza onde foi instalada uma lareira de fluído | Fotos: Guilherme Pucci 

home-theater, também ligado à sala de jantar e a cozinha, possui um projeto de iluminação que realça os itens decorativos e a beleza do móvel com o LED embutido.

Uma outra curiosidade está na varanda, com a mesa de madeira desenhada pelo arquiteto Pietro Terlizzi e que contemplou parte de uma porta antiga para estruturar o tampo | Fotos: Guilherme Pucci 

“Não integramos totalmente a varanda com a sala, mas conseguimos proporcionar uma área externa para desfrutar os momentos em família e era exatamente isso que os moradores desejavam!”, ressalta o arquiteto. No canto da varanda, um sofá deixa o ambiente ainda mais aconchegante, ótimo para descansar e apreciar a vista. 

A vibrante porta vermelha e estilo inglesa, projetada pelo arquiteto Pietro Terlizzi, dá acesso ao home-office | Fotos: Guilherme Pucci 
A madeira mandorla marca presença na mesa e na estante do local de trabalho, executadas pela SCA Jardim Europa. As gavetas de MDF branco conferiram um ar leve e sutil ao espaço e a ampla janela, que acompanha toda a extensão da mesa, permite uma ótima iluminação natural para conforto visual durante as atividades profissionais | Fotos: Guilherme Pucci 

quarto do filho mais novo do casal foi projetado para acompanhar o seu crescimento já na pré-adolescência. O arquiteto Pietro Terlizzi apostou no lambri de madeira mandorla, com a iluminação indireta em led e uma paleta vibrante com pontos de cores nas paredes, enxoval e na poltrona. 

No pilar do canto direito do dormitório do filho mais novo, o concreto aparente ressalta a dualidade com a marcenaria do lambri, prateleiras e escrivaninha. No visual, uma essência jovial, leve e atemporal| Fotos: Guilherme Pucci 

Para o quarto da irmã mais velha, o arquiteto Pietro Terlizzi investiu em uma proposta mais clean. “Sem muitas cores, optamos pelo revestimento de tijolinhos pintados de branco, que por sua vez foram valorizados pela iluminação de LED embutida no lambri da cabeceira”, explica. 

No dormitório da filha do casal, o arquiteto Pietro Terlizzi considerou a instalação de uma bancada de madeira para que a jovem possa desenhar, um dos seus hobbies preferida. A estante chama atenção com sua diagramação fora do convencional com as gavetas, porta e espelho | Fotos: Guilherme Pucci 
Para os banheiros dos filhos, o arquiteto Pietro Terlizzi manteve o layout. Na área do menino (à esq.), dois nichos com serralheria evocam um décor jovial, enquanto no banheiro da menina (à dir.), o rosa se sobressai na marcenaria da SCA Jardim Europa | Fotos: Guilherme Pucci 

Para o quarto principal do casal, a madeira entrou em cena para a tão almejada sensação de bem-estar e, nesse mix, fica evidente a combinação do freijó no lambri e na cômoda e o cumaru para o piso.

No quarto principal, o arquiteto Pietro Terlizzi escolheu luminárias pendentes para as mesinhas suspensas em cada lado da cama, pois elas permitem uma iluminação indireta e contribuem para a atmosfera calma e gostosa | Fotos: Guilherme Pucci 

Sobre Pietro Terlizzi  

Formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo, Pietro Terlizzi atua na área de arquitetura desde 1999, tendo passado por diferentes escritórios nos mais diversos segmentos (desde paisagismo até engenharia estrutural), absorvendo experiências e amadurecendo até abrir o seu próprio escritório, o Pietro Terlizzi Arquitetura. Com trabalhos nas áreas residências, comerciais e corporativas, o escritório se compromete com todos os detalhes do projeto, desde a criação do conceito até a escolha dos objetos e móveis. Para Pietro, a preocupação com a atividade e o impacto que o espaço projetado poderá causar, tais como a relação entre as escalas, a luz, a temperatura, as texturas e as cores, bem como a diversidade de percepção e experiência que cada um terá dentro dele, são os fatores que impulsionam cada nova criação. 

contato@pietroterlizzi.com.br 

@pietro_terlizzi_arquitetura 

www.facebook.com/pietroterlizziarquitetura 

Autor:

Alex Sander

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio