20.9 C
São Paulo
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Neurociência e Psicanálise: oposição ou cooperação?

Dick Ferdinand Swaab, premiado médico-neurobiólogo holandês, professor de 

neurobiologia na Universidade de Amsterdã, 

que até 2005 foi Diretor do Instituto Holandês 

de Pesquisa do Cérebro da Academia Real 

de Artes e Ciências da Holanda, diz que 

a homossexualidade estaria ligada 

diretamente a uma mudança na composição 

hormonal e na formação do cérebro por 

causa de estresse, do tabagismo e ingestão 

de outras drogas na gestação. Ele diz: 

“Mulheres grávidas que sofram de estresse têm maior chance de darem a luz a bebês homossexuais, porque os níveis elevados do hormônio de estresse, o cortisol, afeta a produção de hormônios sexuais fetais.”. 

Para Dick Ferdnand Swaab, a sexualidade é determinada no útero e não pode ser alterada. Contrariando o posicionamento da maioria dos 

pesquisadores na mesma área, ele diz: 

“Embora seja frequente ouvirmos que o 

desenvolvimento após o nascimento também 

afete a orientação sexual, não há

absolutamente nenhuma prova científica 

disso.”.

Estará, Dick, com a razão?

Como Freud se posicionava frente 

à homossexualidade e, por extensao, à

bissexualidade? Aliás, com mais de 22.794 citações em periódicos, 60 premiações e 710 artigos publicados, Ivan Izquierdo é o neurocientista mais citado e um dos mais respeitados da América Latina; atualmente coordena o Centro de Memória do Instituto do Cérebro da PUC-RS. Izquierdo diz que a Psicanálise não serve como terapêutica e que é apenas um exercício estético.

Estará, Izquierdo, com a razão?

Burrhus Frederic Skinner disse: “O conceito de mente é uma invenção humana e não uma descoberta.”.

Para Skinner, não existe uma tal “mente humana”, por isso propôs uma linha de psicologia que ficou conhecida como behaviorismo radical, se fixando em algo observável.

Existe ou não, “mente humana”?

Essas e outras questões são abordadas detalhadamente no presente livro, possibilitando ao leitor refletir com as informações necessárias e assim tirar suas próprias conclusões.

Neurociência e Psicanálise: oposição ou cooperação?

Edição bilíngue: Português/Inglês.

Disponível em https://loja.uiclap.com/titulo/ua42633/ e brevidade também em publicação internacional pela Amazon.

370 páginas de informações importantes e reflexões inspiradoras!

Autor:

Cesar Tólmi – Psicanalista, licenciado em Filosofia, pós-graduando em Neurociência Clínica, arte-terapeuta, jornalista e idealizador da Neuropsiquiatria Analítica, integrada aos campos clínico, forense, jurídico e social.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio