23 C
São Paulo
segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Curso gratuito prepara professores e gestores escolares para avaliar a qualidade na Educação Infantil

  • A formação “Avaliação da Qualidade na Educação Infantil” foi desenvolvida pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e pelo Itaú Social
  • O curso é gratuito, on-line, certificado, autoformativo e tem duração de 30 horas. É voltado para profissionais municipais da Educação de todo o país, com foco em gestores e técnicos das secretarias envolvidas com a Educação Infantil.
  • Participantes irão conhecer a Escala de Avaliação de Ambientes de Aprendizagens dedicados à Primeira Infância (EAPI), instrumento que analisa a qualidade dos insumos e processos pedagógicos envolvidos na interação entre professores(as) e crianças

Já estão abertas as inscrições para o curso “Avaliação da Qualidade na Educação Infantil”. A formação, desenvolvida pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal e Itaú Social, apresenta a importância da avaliação e possibilita que os participantes conheçam e planejem uma avaliação de ambientes com base na Escala de Avaliação de Ambientes de Aprendizagens dedicados à Primeira Infância (EAPI), cujo foco é a Educação Infantil – creches e pré-escola.

Com duração de 30 horas, o curso contempla diversas ferramentas que possibilitam simulações de vivência e o planejamento de uma avaliação para a Educação Infantil nos municípios. A formação é gratuita, on-line, autoformativa e voltada a secretários de educação, gestores escolares, coordenadores e professores.

O curso é composto por quatro módulos:

  1. Compreender o propósito e o papel de uma avaliação da qualidade na Educação Infantil nas redes educacionais.
  2. Conhecer os princípios da Escala de Avaliação, sua forma de organização e seus instrumentos.
  3. Apropriar-se dos procedimentos de aplicação da Escala de Avaliação.
  4. Planejar as etapas que envolvem um processo avaliativo da qualidade da Educação Infantil na rede com base na Escala de Avaliação.

Ao final de cada módulo, o participante será convidado a realizar reflexões e práticas com foco no território em que atua. 

“A oferta e o acesso à Educação Infantil no Brasil alcançaram saltos significativos nos últimos anos. Segundo o Censo Escolar, o número de matrículas nessa etapa aumentou em 8,9% na rede pública e em 29,9% na privada em 2022, comparado ao ano anterior. Mais que celebrar os avanços relacionados a essa ampliação, o momento sugere novas bases para mais um salto: o da qualidade. E esse é o princípio que orienta o novo curso. É uma busca para que a melhoria da qualidade acompanhe a expansão do acesso às vagas para nossas crianças”, destaca Claudia Petri, coordenadora de Soluções Educacionais do Itaú Social. 

Para Mariana Luz, CEO da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, a qualidade da Educação Infantil no Brasil passa, inevitavelmente, por profissionais bem preparados. “Na Fundação, costumamos dizer que o que não se pode medir, não se pode melhorar. E esse curso dialoga diretamente com isso.  Uma Educação Infantil de qualidade passa por pilares como materiais didáticos apropriados, estrutura física adequada,  profissionais capacitados, entre outros. É importante que os professores e gestores estejam aptos a avaliar tudo isso. Toda a sociedade sai ganhando”, pondera Luz.  

Inscrições

As inscrições para o curso: “Avaliação da Qualidade na Educação Infantil” estão disponíveis no Polo. Ambiente de formação do Itaú Social, a plataforma oferece conteúdos e cursos que respondam aos principais desafios de quem trabalha e se interessa por educação.

Autora:

Elaine Cristina Alves

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio