20.8 C
São Paulo
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Psicologia organizacional no processo de desenvolvimento de pessoas.

Antes de tudo, vamos entender o que é a psicologia organizacional, como usá-la e porque é importante ter um psicólogo dentro da organização para isso. 

A psicologia organizacional tem foco no comportamento humano. Ou seja, ela estuda como a pessoa se desempenha individualmente e em grupo. Para que seja utilizada as estratégias certas para cada pessoa e se o indivíduo é adequado para aquele trabalho, o psicólogo organizacional tem a função de fazer a avaliação correta, aplicando dinâmicas e questionários para avaliar o perfil de cada um. 

Os talentos da instituição são as mentes que fazem tudo acontecer. Eles que planejam, trazem ideias, operam e consertam máquinas, organizam tarefas e cuidam do ambiente empresarial, garantindo uma execução eficiente do trabalho. 

No cenário mercadológico extremamente disputado da atualidade, para conseguir um bom desempenho e lucrar com eficiência, é importante que o capital humano da companhia seja bem cuidado. 

A psicologia organizacional trabalha exatamente nisso, utilizando técnicas que beneficiam os funcionários. Ela possibilita que haja uma postura favorável para todos, tanto dos talentos entre si (inclusive gestores, líderes e liderados) quanto dos trabalhadores com valores da organização. Como resultado, existe a prosperidade da empresa e de seus profissionais. 

A presença de um psicólogo organizacional dentro de uma empresa transmite uma sensação de confiança aos colaboradores, os quais conseguem trabalhar com motivação e com vontade de se aprimorar cada vez mais.  

A psicologia organizacional tem o objetivo de melhorar o rendimento dos colaboradores, por meio do acolhimento e da compreensão de suas necessidades. Na prática, é possível implantar as ideias em diferentes atividades, setores e ações. São elas: 

Avaliação dos cargos, salários e planos de carreira 

Por meio de testes, é possível avaliar periodicamente os colaboradores, identificar os níveis em que cada um se encontra e organizar regularmente a estrutura de crescimento dos funcionários. Dessa forma, é mais fácil atrair e reter bons profissionais. 

Avaliação de desempenho e performance 

Um feedback do trabalho dos funcionários é muito importante. Esse estudo deve conter uma avaliação da gestão, da área de atuação e da empresa toda, além de uma auto avaliação. 

Gestão do clima organizacional e de conflitos 

Com dinâmicas e pesquisas de satisfação, é possível melhorar o clima do ambiente e o relacionamento, bem como resolver os conflitos eficientemente. É importante ter ações que primem pelo bom convívio de todas as pessoas. A discórdia pode atrapalhar a harmonia entre os colaboradores que trabalham na mesma equipe, pois gera ruídos na comunicação que podem afetar o andamento dos trabalhos. Além disso, a saúde mental dos funcionários acaba sendo afetada. 

Recrutamento e seleção 

Os profissionais de RH contam com o auxílio dos testes psicológicos, das entrevistas individuais e das dinâmicas em grupo para escolherem qual candidato se enquadra no perfil da vaga existente. Porém é necessário destacar que, além dos pontos técnicos, a personalidade é levada em conta. 

Cultura organizacional 

A cultura organizacional se refere a valores, missões, crenças e ações que definem a maneira como são conduzidos os negócios de determinada empresa. Os profissionais da psicologia organizacional atuam nessa área por meio de pesquisas e ferramentas de diagnóstico para identificar possíveis problemas e propor soluções que auxiliem os funcionários a terem um ambiente saudável para trabalhar. 

Treinamento e desenvolvimento 

Outra prática comum na área da psicologia organizacional é auxiliar nos treinamentos e no desenvolvimento de carreira das pessoas que trabalham na empresa. Essas capacitações visam a aprimorar os conhecimentos dos funcionários para que eles possam ter maior desenvoltura ao realizarem as atividades empresariais. 

A psicologia organizacional, fornece um serviço de orientação profissional auxilia cada talento a entender em qual função seu perfil se encaixa melhor.  

 Aqui, o psicólogo responsável pela orientação profissional pode ajudar cada indivíduo a entender a satisfação ou o descontentamento com o próprio trabalho, identificar perfis de liderança, orientar em uma transição de cargos ou até mesmo direcionar desligamentos.  

Avaliações e relatórios é essencial no processo de desenvolver as equipes. 

O diagnóstico organizacional tem como objetivo compreender os motivos e antecipar possíveis conflitos que possam atrapalhar o rendimento da equipe.  

 Por meio dele, é possível prever problemas, construir alternativas, elaborar planos de intervenção, avaliar e oferecer suporte ao time. 

 É a avaliação individualizada ou de equipes, que contribui para a melhora do desempenho da empresa. Essa dinâmica pode ser utilizada tanto para a escolha adequada de profissionais no mercado (seleção), quanto para promoção interna de funcionários. 

Ao conhecer cada colaborador e entender suas necessidades, expectativas e desejos, a organização consegue traçar um direcionamento melhor para desenvolvê-lo. 

 Assim, é possível propor treinamento adequado ao perfil de cada um e oferecer melhores condições para se desenvolver dentro da empresa. 

 Com isso, o trabalhador se torna um profissional melhor, agregando valor à sua carreira e à companhia. 

Sendo assim, a psicologia organizacional para desenvolver as equipes, ela direciona treinamentos e dinâmicas individuais e em grupo, para analisar como o indivíduo se sobre sai com esses treinamentos e dinâmicas. E com base nos resultados obtidos, é que eles formaram as esquipes corretamente, para que não haja conflitos e as equipes consigam se desenvolver e obter resultados positivos para a organização. 

Quando se trata de desenvolvimento humano, é primordial a contratação de um psicólogo organizacional para obtenção do crescimento da empresa e redução de custo. Pois, fazendo a contratação corretamente, diminui a rotatividade de pessoas dentro da empresa. 

1 COMENTÁRIO

  1. Não concordo que seja especificamente um psicólogo, pois um profissional de Gestão de RH é tão capacitado para desenvolver as atividades descritas acima. Mas é uma matéria interessante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio