25.3 C
São Paulo
domingo, 12 de maio de 2024

Mudanças na correção do ENEM

É fundamental estar preparado para a redação do ENEM 2022 e, nessa reta final, o candidato precisa ficar atento a uma situação importante, mas pouco comentada: o aperfeiçoamento da correção do ENEM.

Depois que o Inep passou por testes (alunos que escreveram receita de miojo e hino de futebol na redação), o treinamento dos corretores passou a ficar mais criterioso e foram criadas regras para garantir que o aluno de fato merece a nota aferida pelo corretor e para evitar possíveis confusões na correção que acarretem discrepâncias entre as notas.

O professor de redação Vinícius Oliveira, conhecido na internet como o Profinho, afirma: “Não houve alteração na essência das competências, mas frequentemente surgem detalhes que determinam se o candidato merece ou não a nota 1000”.

O Profinho, que já coleciona seis notas 1000, separou os detalhes de cada uma das cinco competências que os estudantes precisam dominar nessa reta final.

·         A competência 1 avalia se o candidato domina as regras gramaticais. Detalhe importante: a ausência de desvios gramaticais não garante a nota máxima. O aluno precisa inverter a ordem das frases pelo menos uma vez para merecer 200 nessa competência.  Essa é a regra da “oração intercalada”.

·         A competência 2 avalia se o candidato demonstrou domínio da estrutura básica da dissertação. Um detalhe importante é que, se o aluno deixar o seu texto incompleto (sem conclusão, por exemplo), ele perderá entre 80 e 120 pontos. Ainda na C2, caso o candidato mencione uma pesquisa, por exemplo, mas não a especifique (“pesquisas apontam que…”), essa referência não será considerada um repertório válido, e o corretor estará autorizado a descontar valiosos pontos nessa competência.

·         A competência 3 é uma das mais difíceis para gabaritar. Recentemente o Inep criou a regra do “foco temático”. Por exemplo, se o tema for “Alfabetização de crianças indígenas no Brasil”, cada parágrafo da redação deve tratar, simultaneamente, de alfabetização, de crianças e de indígenas. Caso o aluno se esqueça de um desses assuntos, o Inep entenderá que o candidato perdeu o “foco temático” e merecerá severos descontos na C2.

·         A competência 4 passou a exigir que o candidato apresentasse algumas palavras específicas para iniciar os parágrafos de desenvolvimento e de conclusão. Essas palavras são os chamados conectivos operadores argumentativos, que, além de ligar as partes do texto, também agregam sentido na leitura. Para iniciar esses parágrafos, o Profinho sugere o uso dos conectivos “diante desse cenário”, “nesse sentido” e “portanto”.

·         A competência 5 exige que o candidato proponha uma solução para o problema trazido pelo tema da redação, apresentando 5 elementos na construção dessa proposta. Recentemente, o Inep liberou o manual dos corretores, que deixa clara uma regra específica: noções de tempo e de lugar não poderão compor os 5 elementos obrigatórios. Por exemplo, caso o aluno inclua as expressões “nos dias atuais” ou “na sociedade brasileira”, elas não serão contabilizadas dentro dos 5 elementos obrigatórios.

O Profinho finaliza: “Nessa reta final, é indispensável entender os detalhes que fazem a diferença no processo da avaliação da redação. Sem dúvida, o mais inteligente a se fazer na redação do Enem é escrever um texto totalmente alinhado com as regras que os corretores naturalmente já procuram”.

Dicas das alunas nota 1000 no ENEM 2021 Monalisa Di Lauro e Yasmin Magrine

1.       Escrever uma redação por semana com base nos assuntos mais importantes da atualidade.

2.       Corrigir os erros seguindo as regras das 5 competências do ENEM

3.       Estudar por “eixos temáticos”, ou seja, focar no assunto do tema e não no tema em si.

4.       Rever as regras de vírgula e crase, porque, caso desrespeitadas, prejudicam muito a nota da competência 1.

5.       Começar a introdução com um repertório sociocultural interessante, como a Constituição Federal, por exemplo.

6.       Escolher 3 conectivos para iniciar os dois parágrafos do desenvolvimento e a conclusão. A aluna Monalisa Di Lauro sugere “diante desse cenário”, “ademais” e “portanto”.

7.       Aprofundar a argumentação utilizando palavras com juízo de valor. Essas palavras são capazes de mostrar a opinião do candidato e melhoram o desenvolvimento.

8.       Usar sinônimos das palavras do tema em todos os parágrafos para evitar a fuga temática.

9.       Na proposta de intervenção, apresentar os 5 elementos obrigatórios de forma organizada, sem escrever frases longas e desconexas.

10.   Finalizar a redação usando uma frase de efeito impactante para causar boa impressão no final da leitura do corretor.

Autora:

Gabriela Andrade

1 COMENTÁRIO

  1. Eu sou participante do Enem 2023, meu nome é Renatto e sou de Brasília. Preciso corrigir erros gramaticais e aperfeiçoar o uso dos termos conectivos. Vou procurar um livro na biblioteca pública de Samambaia Sul-DF , vocês que redigiram a reportagem me sugerem algum livro ou apostila em pdf?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio