17.1 C
São Paulo
domingo, 21 de abril de 2024

Em busca do bem-estar mental 

O bem-estar mental é um importante fator que possibilita o ajuste necessário para lidar com as emoções positivas e negativas. Nos dias atuais, investir em estratégias que possibilitem esse equilíbrio é essencial para um convívio social mais saudável e uma vida mais serena. Há várias maneiras de fazer isso, no meu caso, compartilhar experiências sobre os assuntos que mais gosto, é o melhor para equilibrar meu “eu interior”. 

No cenário em que vivemos, buscar alternativas que possibilitem a harmonia de suas relações é uma urgente necessidade. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o conceito de saúde é bem mais abrangente que a ausência ou presença de uma doença, é um completo estado de bem-estar físico, mental e social, precisando de atenção em todas suas vertentes. 

Assim como a saúde física, a parte mental é integrante e complementar, sua manutenção auxilia nas funções orgânicas, ou seja, para executar suas habilidades pessoais e profissionais. Entender a importância da estabilidade de sua saúde e sua intensa relação com o seu bem-estar é fundamental. Fazendo com que importantes fatores possam influenciar nesta manutenção, como a atividade física, alimentação saudável, ferramentas que proporcionam desenvolvimento como livros, teatros, músicas, troca de experiências e terapias. 

O estímulo mental e físico contribui intensamente no desenvolvimento humano e na espiritualidade, por isso, devemos reservar parte do nosso dia para este cultivo, assim podemos passar pelas transições nos mantendo cada vez mais conscientes. 

Muitas vezes o poder de se aprofundar em novas culturas, conhecimentos ou experiências, que se conectam à nossa jornada evolutiva é essencial, pois todos nós seres humanos estamos falando sobre a mesma coisa, com diferentes linguagens, conteúdos e formas, quanto mais ferramentas, mais instrumentos temos para cultivar o bem-estar mental.

Diariamente sofremos um bombardeio de informações que nos fazem perceber um grande número de pessoas cansadas em nossa sociedade. Cada pessoa é única e vivemos em um ambiente onde partilhamos de diferentes e intensas responsabilidades em nossas vidas, casa, carro, família, financeiro, trabalho, filhos, relacionamentos, entre outros, muitas vezes não nos sentimos confortáveis e alinhados com o que queremos, o que pode potencializar este cansaço, muito conhecido como Burnout. 

A síndrome de esgotamento tem afetado especialmente as gerações mais jovens, principalmente as novas lideranças, segundo pesquisa feita pela LHH do Grupo Adecco, empresa suíça de recursos humanos que atua em 60 países, 38% das pessoas ouvidas dizem ter sofrido da síndrome de Burnout; 45% fazem parte da Geração Z (nascidos entre 1995 e 2010), os Millennials ou Geração Y (nascidos entre 1983 e 1994), 42% sentiram o desequilíbrio em sua saúde mental. Já para a geração X (nascidos entre 1961 e 1982), 35%, e entre os Baby Boomers (nascidos entre 1945 a 1960) 27% puderam sentir o esgotamento da síndrome. 

Utilizar suas horas de lazer para trocar experiências de qualidade, inclusive tendo a tecnologia como sua aliada, pode ser um trivial passo na jornada em busca do bem-estar mental e físico. Neste período pós-pandêmico, provamos que a tecnologia ajuda sim no desenvolvimento humano e principalmente em seu autoconhecimento, por muito tempo tínhamos que estar em um local físico para aprender, assistir filmes ou até mesmo para partilhar vivências, e com a chegada dela, tivemos fácil acesso a diversos pontos, como, por exemplo, assistir aulas online, filmes e podcasts, além de nos permitir compartilhar nosso dia em redes sociais. Utilizar a tecnologia com consciência, principalmente em funções que nos agreguem forças positivas, é o futuro.

Descobrir novos horizontes, ou até mesmo universos, trocar experiências em comum, ajuda os jovens a desenvolverem sua inteligência emocional e espiritual, uma educação consciente, principalmente para os que buscam bem-estar mental e físico. 

Ter um lugar onde podemos trazer essa consciência digital, levando os olhares para uma preocupação maior, como o meio ambiente, o autoconhecimento humano, o bem-estar físico e mental, qualidade de vida, hábitos sustentáveis, pode trazer infinitas novas possibilidades de desenvolvimento. Sendo vital para o ser humano nos dias atuais. 

Autor:

Bellmond Viga é cofundador e Diretor de Operações da Kornerz. Um pesquisador de desenvolvimento humano, terapeuta holístico e estudante de yoga, desde 2015. Atualmente está focado na pesquisa das ciências humanas.*

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio