18.6 C
São Paulo
terça-feira, 9 de agosto de 2022

Novo estudo sugere que anfíbios pré históricos tinham glândulas de veneno como sapos

Reconstrução de como poderiam ser os anfíbios pré históricos com glândulas de veneno, comparado a um sapo – Samuel Elias

As glândulas de veneno que estão em salamandras e em algumas espécies de anuros como forma de defesa, para quando algum predador for tentar preda-los e morder a parte da glândula, a glândula poderá soltar o líquido venenoso na boca do predador, isso pode ser resultado de quase 300 milhões de anos de evolução, podendo ter origem basal dos anfíbios do grupo Temnospondyli, que apareceram entre o permiano e carbonífero.

reconstrução de um eryops – prehistorybyLiam

Quase todo animal possui seu tipo de defesa, e isso podia ser possível em anfíbios primais, eles podiam se defender não apenas mordendo mas também usando a glândula paratoides. Mas que tipo de predador iria querer predar um anfíbio pré histórico?, Bem no permiano existiam diversos anfíbios e répteis gigantes, os répteis muito provável mente os caçavam, e por isso, eles podiam usar o veneno presente nas glândulas para uma forma de defesa contra o predador.

autor: Samuel Elias

Samupro5826
Samupro5826
Sou paleoartista e ilustrador científico há 3 anos, trabalho para a Wikipédia em artigos científicos e para a academia edu, e atualmente, para o jornal tribuna!, Criando artigos científicos!

Deixe uma resposta

Leia mais

Patrocínio