18.6 C
São Paulo
terça-feira, 9 de agosto de 2022

Cálculo previdenciário aplicado para as simulações da renda mensal inicial de aposentadoria do regime geral de previdência social

O presente artigo desenvolveu um modelo matemático exemplificativo em rito de estudo de caso que, fundado em sustentação teórica e jurídica, assim como em aspectos sociais e econômicos, que propiciou a aferição de 06 (seis) rendas de aposentadoria filiadas ao perfil da pessoa pesquisada. Objetivamente, o modelo se serviu dos rendimentos levantados no Cadastro Nacional das Informações Sociais do estudado que foram atualizados e adotou três perfis contributivos aplicados para os períodos de 07/2022 a 03/2050 e de 07/2022 a 06/2050. Os resultados obtidos indicam que a renda inicial das aposentadorias varia irregularmente em relação aos valores das contribuições, contudo se registra aumento dos valores dos proventos simulados quando majoradas as contribuições previdenciárias respectivas.  Em valor monetário, foram levantadas três faixas de contribuição: i) piso previdenciário, ii) 50% do teto previdenciário e iii) teto previdenciário que, respectivamente, geraram renda Inicial no valor de R$ 2.130,45, R$ 3.909,38 e R$ 6.613,01 para aposentadoria com data de início em 04/2050. No benefício com gozo previsto para 07/2050, após prática semelhante, chegou-se aos respectivos rendimentos: R$ 2.183,34, R$ 4.015,69 e R$ 6.800,51.

Palavras-chave: Aposentadoria; Planejamento; Previdenciário; Rendimentos; Simulações.

Autores:

Hiran Sobreira Teles Filho
Célio Gomes de Lima Júnior
Aurineide Filgueira de Andrade
Jane Costa de Menezes
Haroldo Magalhães Bezerra Fillho

Download:

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Leia mais

Patrocínio

%d blogueiros gostam disto: