13.6 C
São Paulo
segunda-feira, 8 de julho de 2024

Estrangeiros criam startup para movimentar o mercado jurídico no Brasil

Rightstars aproxima profissionais do direito aos clientes de todo o país. Plataforma traz solução tecnológica para potencializar o negócio de advogados autônomos

A startup que desde de dezembro de 2021 lançou a plataforma que tem auxiliado principalmente advogados autônomos, recentemente lançou uma nova funcionalidade especialmente desenvolvida para fortalecer as conexões e o networking entre advogados.

Tudo começou com um grupo no Whatsapp que pouco a pouco foi se transformando numa verdadeira comunidade possibilitando novas conexões e o nascimento de parcerias e negócios. Atualmente o grupo conta com mais de 200 advogados de todo o Brasil e todos os dias centenas de mensagens.

O Lounge dos Doutores (como é chamada a ferramenta)  já estava nos planos de lançamento, mas o sucesso do grupo do Whatsapp fez com que a startup acelerasse o processo. 

Desde então, a plataforma tem recebido novas inscrições de advogados e o Lounge, assim como o grupo do whatsapp, não param de crescer. “Eu estou amando esse grupo, o modo como todo mundo se ajuda, também já vi que saíram algumas parcerias e pelo jeito vão sair mais!” Disse Bárbara Fiorin, de Santa Catarina, uma das advogadas que usa a plataforma do Lounge – “Realmente esse grupo está sendo diferente dos outros que eu participo” – concordou Fabiano Santos, advogado parceiro da plataforma.

Um dos maiores desafios dos advogados autônomos é conseguir uma base sólida de clientes que possa garantir a manutenção e a evolução dos seus negócios, e a Rightstars chegou para contribuir com isso. A maioria dos advogados trabalha como autônomo ou em pequenos escritórios de advocacia, onde em alguns meses, o faturamento pode ser bom, mas outros muito baixo. Motivados pela pandemia, cada vez mais advogados escolhem um caminho independente, com mais liberdade.

A Rightstars oferece uma alternativa para os advogados moldarem seu próprio futuro, ao mesmo tempo em que possibilita uma atividade mais estável. Abrindo portas para que os advogados participem da “economia criativa” usando canais de exposição e ferramentas para aprimorar o trabalho digital. “Trabalhei quase uma década na AirHelp usando a tecnologia para resolver a lacuna da justiça. Isso funciona bem em um nicho como atrasos de voo, mas para resolvê-lo em uma escala maior, cheguei à conclusão de que a verdadeira solução é uma combinação de advogados e tecnologia, comenta Christian Nielsen, CEO da Rightstars.

Quanto a razão que levou o empresário a escolher o Brasil, ele diz que  é porque trabalhava com o mercado jurídico brasileiro há alguns anos e passou a amar o povo e a cultura, por isso era óbvio para ele que existia uma necessidade real aqui e que os brasileiros merecem uma solução.

A plataforma que conecta pessoas que precisam de serviços jurídicos com advogados, se destaca pela transparência, dando voz a quem pode fornecer a informação correta, desmistificando o mundo jurídico e aproximando serviço de qualidade, preço justo e concorrência leal, dando poder de escolha ao consumidor. Ser simples, descomplicando as leis e o vocabulário que, em sua maioria, não é condizente com o seu leitor, o objetivo é que a simplicidade seja capaz de levar a solução do problema de forma mais rápida e eficiente até o autor ou réu da ação em questão. Ser amigável, tornando a experiência jurídica não só acessível mas também confortável, com um ambiente sério e formal, a justiça pode ser cansativa, mas a relação entre as partes é sempre pautada em confiança e respeito.

Serviço: https://www.rightstars.co/ 

Autora:

Ynara Mattos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio