21.9 C
São Paulo
segunda-feira, 20 de maio de 2024

Revenda Agro Kafa investe em atendimento personalizado para elevar faturamento em 2022

Na contramão das grandes fusões de revendas de insumos agrícolas, capitaneadas principalmente por fundos de investimentos, que vêm ocorrendo nos últimos anos, algumas empresas têm apostado no atendimento individualizado para conquistar os consumidores e manter um crescimento sustentável dos negócios.

É o que está ocorrendo na região do Alto Paranaíba, localidade mineira cuja economia tem forte influência da agricultura. A Agro Kafa, revenda fundada em 2017 e que atua na região, atendendo os municípios de Patrocínio, Ibiá e São Gotardo, está investindo em uma “loja conceito”, que vai oferecer uma experiência diferenciada ao produtor, com atendimentos consultivos semanais, direcionados, aplicação de gestão de acompanhamento às necessidades de cada um, e sem custo adicional. “O atendimento personalizado é lá na fazenda e aqui na loja. Lá, nos damos conta do que o produtor está enfrentando e aqui, no cafezinho passado na hora, na conversa informal, ele fica à vontade para expor necessidades, anseios e discutir estratégias”, afirma Kassio Fonseca, sócio proprietário da Agro Kafa.

Segundo ele, durante os encontros promovidos pela revenda, o produtor poderá falar com especialistas, sempre que precisar. “A proposta é de um atendimento muito personalizado que vai sempre ter o diferencial da proximidade com o dono da companhia e não com gerentes e altos diretores, como é o caso das revendas enormes que aparecem no mercado a cada dia”, assegura Fonseca.

Segundo Lena Oliveira, sócia da Agro Kafa, falar com o dono é algo que chama a atenção dos produtores e, no fim das contas, tem sido uma estratégia de sucesso, em meio a tantas empresas grandes surgindo no mercado. “O que podemos fazer, nós fazemos, tanto na parte técnica quanto na parte comercial e financeira, para atender a necessidade do cliente. Esse sistema de trabalho ainda beneficia a saúde financeira da revenda, pois os problemas de inadimplência têm reduzido consideravelmente”, assegura.

A revenda estima que 2022 será de crescimento, em parte por conta do trabalho focado no suporte mais pessoal com os produtores. A Kafa pretende chegar ao faturamento de R$ 60 milhões em cinco anos, com um foco no resultado final, aprimorando cada vez mais a venda de especialidades, com um portfólio que agrega valor na operação e na produtividade dos clientes. Além disso, está investindo na qualificação da equipe e no reposicionamento da empresa no mercado. Estão sendo feitos investimentos desde a remodelação da comunicação visual até na gestão estratégica comercial.

Autora:

Larissa Vieira

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio