20.2 C
São Paulo
segunda-feira, 1 de abril de 2024

Covid-19 e suas implicações na existência humana: olhar do existencialismo sartreano

Diante do atual cenário de pandemia decorrente do novo coronavírus, houve a necessidade de adotar medidas em busca de conter a propagação do vírus, tais como higienização das mãos com álcool em gel, uso de máscara, distanciamento social e o lockdown. Entretanto, estas medidas trouxeram mudanças no cotidiano das pessoas, exigindo adaptações necessárias para enfrentar esta nova situação. No entanto, a nova dinâmica tem provocado ou agravado algum tipo de impacto na existência humana e/ou saúde mental. Desse modo, por meio de pesquisa bibliográfica, este trabalho tem por objetivo, a partir da perspectiva existencialista, buscar a compreensão das questões de como a pandemia e o isolamento social podem ter influenciado a saúde mental das pessoas, sobre tudo, o impacto em sua existência, ou seja, sua forma de ser no mundo atual. Para tanto, buscou-se expor o que tem ocorrido no contexto atual e seus efeitos sobre a existência humana e saúde mental dos indivíduos. Além de procurar explicar os resultados de surgimento e agravo na saúde mental das pessoas por meio do existencialismo sartreano.

Palavra-chave: Pandemia e saúde mental, covid-19 e seus impactos, Existencialismo e liberdade.

Autores:

Marcelo Henrique dos Santos, acadêmico da graduação do curso de Psicologia.

Franciele Cabral Leão Machado, psicóloga graduada pela Universidade Estadual de Maringá. Especialista em Psicologia Fenomenológica-Existencial pela Universidade Paranaense (UNIPAR). Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá. Docente do curso de Psicologia do Centro Universitário Ingá -UNINGÁ.

Download:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Leia mais

Patrocínio