17.8 C
São Paulo
sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

ABMRA apresenta 8ª Pesquisa Hábitos do Produtor Rural à ministra Tereza Cristina e dirigentes do MAPA

“Muito completa e um excelente serviço prestado pela ABMRA. A pesquisa contribui, e muito, para o trabalho que a iniciativa privada e o governo precisam realizar em conjunto para conhecer o perfil e os hábitos de mídia dos produtores rurais e, assim, fornecer melhores produtos e serviços que ajudem os agricultores e criadores a melhorar ainda mais o seu conhecimento e os níveis de produtividade”.

Assim a ministra Tereza Cristina, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, resumiu a apresentação da 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural feita a ela e aos demais dirigentes do MAPA pela diretoria da Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) e da IHS Markit. Trata-se do mais completo levantamento do perfil dos produtores, incluindo seus hábitos de mídia, compras e conectividade, entrevistou 3.048 produtores rurais (homens e mulheres com poder de decisão, de propriedades de pequeno, médio e grande portes) de 16 estados de todas as regiões do país, abrangendo 14 culturas agrícolas e 4 atividades animais.

Além da ministra, participaram o secretário executivo do MAPA Marcos Montes, os secretários Fernando Camargo, José Guilherme Leal, Guilherme Bastos, César Halum, Orlando Ribeiro, Jorge Seif Jr. e Pedro Neto, o chefe de gabinete Eduardo Sampaio, o presidente da Embrapa Celso Moretti, o diretor executivo da Conab Sérgio de Zen e o chefe da assessoria especial de Comunicação Social do MAPA Claudio Tourinho.

A ministra ficou particularmente satisfeita com o desempenho do agronegócio durante a pandemia. A pesquisa mostrou que 64% dos produtores rurais sentiram baixo impacto da pandemia nos seus negócios, que 86% deles não fizeram qualquer mudança na administração de suas propriedades e 78% mantiveram seus planos de investimentos durante a crise sanitária. A pandemia tem impacto médio no campo para 11% dos produtores rurais e alto somente para 25% deles.

A demonstração do software que possibilita milhares de simulações por atividades agrícolas e animais e por regiões foi um dos pontos altos da apresentação. A ministra e os secretários do MAPA conheceram em detalhes as inúmeras possibilidades de filtro de informações que, entre outros atributos, mostram a importância das diversas plataformas de mídia em cada região do país.

Pela ABMRA participaram o presidente Jorge Espanha, o vice-presidente executivo Ricardo Nicodemos e o diretor de comunicação e eventos Julio Cargnino. Roberto Souza, Marcelo Claudino, Richard Brostowicz e Mateus Covre representaram a IHS Markit, responsável pela Pesquisa.

“Esta foi uma excelente oportunidade de mostrar para a ministra Tereza Cristina e os secretários do MAPA a importante contribuição da ABMRA, que aponta os hábitos e preferências dos produtores rurais quanto à mídia, formação, posicionamento ambiental, crescente participação das mulheres, fontes de recursos e uso de tecnologias”, explica Jorge Espanha, presidente da ABMRA.

“Importante destacar a atenção despertada pela ministra e sua equipe quanto ao software que filtra os dados e mostra com muita assertividade as preferências dos produtores rurais em relação aos veículos de comunicação. Este é o coração da pesquisa e faz toda a diferença porque reúne um impressionante banco de informações colhidas a campo”, destaca Ricardo Nicodemos, vice-presidente executivo da ABMRA.

Para o diretor de comunicação e eventos Julio Cargnino, responsável pela intermediação do contato com o MAPA para apresentação da pesquisa, essa proximidade com o Ministério fortalece o trabalho sério e responsável da ABMRA no cumprimento de sua missão de fornecer, valorizar e fomentar a comunicação e o marketing do agro no país.

Roberto Souza, diretor da IHS Markit e diretor administrativo-financeiro da ABMRA, ressalta que foram entrevistados 3.048 produtores rurais, sendo 2.310 agricultores e 738 criadores, de pequeno, médio e grande portes. Esse trabalho foi realizado pela equipe liderada pelo diretor Marcelo Claudino. “Foram 273 perguntas para cada produtor. No total, são 4.500 horas de entrevistas”, informa.

Pesquisa é Elaborada Desde 1985 – A Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural é realizada pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA) desde 1985. A 8ª edição é a maior da história. “A ABMRA sente-se orgulhosa em prestar esse serviço indispensável para o agronegócio brasileiro, colocando à disposição do mercado uma pesquisa ampla, atual e detalhada, como se fosse o ‘censo do IBGE’ dos produtores rurais em termos de hábitos de mídia e de compra, envolvimento com tecnologia, mídias preferenciais, principais horários de conexão, perfil por atividade rural e muito mais”, reforça o presidente da ABMRA.

Autora:

Giovanna Borielo

Deixe uma resposta

Leia mais