A atuação do profissional de enfermagem diante do atendimento de adolescentes e crianças vítimas de violência sexual

0
61

Introdução: Visto que a infância e a adolescência é uma fase de descoberta do corpo, o fato da violação agrava no crescimento da vítima, tanto fisicamente, como emocionalmente, já que a mesma tem seus direitos violados. Objetivo: Analisar na literatura a atuação do enfermeiro perante o atendimento a criança e adolescentes vítimas de violência sexual, visando seus direitos e deveres. Resultados: Dentre os artigos trabalhados, a maioria compactua com o mesmo ideal de que a enfermagem é primordial para o atendimento a essa classe violada, já que o profissional enfermeiro se faz presente desde o início até o final da trajetória hospitalar do paciente. Conclusão: Após avaliar vários autores, é notável que o enfermeiro necessita se fazer presente nas vidas das crianças e adolescentes, pois este profissional é o responsável por promover e prevenir a saúde física e emocional, visto que após a violação, a vítima fica com sequelas e tem uma imensa dificuldade para se reintegrar à sociedade. Por isso a importância de capacitação técnica e desenvolvimento de habilidades próprias de cada profissional de enfermagem, para que assim, possa passar segurança aos familiares e vítimas.

Palavras chaves: Violência. Enfermeiro. Abuso sexual. Violência sexual.

Autoras:

Expedita Daisy Medeiros da Silva
Kamila Cristiane de Oliveira Silva

Publicidade

Download:

Deixe uma resposta