16.5 C
São Paulo
domingo, 17 de outubro de 2021

O Que Se Ouvia da Boca de Jesus?

“NEM SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM, MAS DE TODA A PALAVRA DE DEUS” LUCAS 4:04 (King James).

Página Inicial Jesus Palavras

Há mais de 2000 línguas e dialetos espalhados pelo mundo. A confusão criada no momento circunstancial, na Torre de Babel, espalhou-se pelos quatro cantos da terra.

Contudo, nos dia de Jesus, o Aramaico se via; como sua língua natural: a forma, os meios, a amplitude de pensamentos e a grande sabedoria, com que Jesus se dirigia ao povo de uma maneira geral falam por si mesmos, o que se ouvia e o que se podia esperar ouvir da boca de Jesus? Conquanto, as pessoas, em sua grande maioria, mais falam do que propriamente ouvem, o fato é que se conhece uma pessoa, muito especificamente, pelo que ela diz. Da boca, dos lábios, da mente de Jesus ouviam-se histórias encantadoras! A parábola. De acordo com PENTEADO (2O10, P. 12) A compreensão da Parábola como um gênero literário adquire forma a partir do Novo Testamento com uma narrativa curta e alegórica. Segundo HAUCK (1979, P. 747) O Provérbio “Mashal” recebido da Literatura Sapiencial é um crescimento exuberante e a Parábola torna-se, significativamente, uma importante forma de texto profético. As Parábolas rabínicas são curtas, não importando então, distingui-las, entre: Parábolas, Metáforas puras/mistas. A etimologia da palavra Parábola é uma composição de outras duas palavras, “para” genitivo definido como: a partir da proximidade de uma pessoa: “de” de lado, ” a partir” (Substantivo deverbativo da palavra “ba,llw” verbo) definido como: “O poderoso movimento de “jogar ” ou “impulsionar” KITTEL (1964,P;526) formando a palavra (Parabolh) deverbativo do verbo “Paraba,llw” definido como: Lançar adiante RUSCONI(203,P.350). Portanto, Jesus era um exímio lançador de parábolas! Jesus jogava muito bem com as palavras! Quem não se lembra da Parábola dos Trabalhadores?(Mateus 20:01-16); A Parábola da Dracma perdida (Lucas 15:8-10); Parábola do Semeador (Mateus 13:01-09) e tantas outras, cujo espaço não nos permite citá-las. Da Boca de Jesus saíam Grandes enfrentamentos. As palavras de Jesus soavam como uma “bomba” na consciência, daqueles que os ouviam; opositores ou não! Psicanaliticamente, imagine o conflito do Id com o Superego de Judas! “… e durante a refeição Jesus revelou: “Com toda certeza vos afirmo que um de vós me trairá” (Mateus 26:22). Imediatamente o Id inconsciente se depara e se confronta com a Lei (O Superego) em Judas. E quantas e quantas vezes, ficamos entre a ” cruz e a espada”, entre o prazer e a Lei, entre o certo e o errado, entre a conveniência e a verdade? O que não dizer dos conflitos resultantes da palavra saída de Jesus, no que tange, ao aviso ao apóstolo Pedro? “… antes que o galo cante, tu me negarás três vezes”. (Mateus 26:34). Jesus confrontava o “eu” com a realidade com maestria e solidez.

“nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de deus”.

LUCAS 4:04.

Da boca de Jesus saíam palavras reveladoras! “… tu és mestre em Israel, e não compreendes estas coisas?” A Ciência avançou substancialmente, principalmente; se considerarmos, os últimos 100-150 anos, a ideia de Descartes :”Penso Logo Existo” Segundo Ferreira (1953, p. 63) É este percurso que vem culminar em 1836, com a expressão Cartesiana: “Penso Logo Existo!” (je pense, donc je suis) onde se revela a separação entre “mente” coisa pensante e corpo, “coisa não pensante” dando espaço para que, sobre este último, se pudesse dizer: ” as heresias” que sobre o espírito não se podiam livremente referir. Quando Jesus diz a Marta: “Marta! Marta! andas muito inquietas e te preocupas com muitas coisas, no entanto; uma só coisa é necessária, Maria escolheu a boa parte que não lhe será tirada” Quer palavra mais reveladora que esta?! Isto não é uma separação de “mente” coisa pensante, de “corpo” coisa não pensante? Ou é preciso deixar mais claro do que já está? Quantas pessoas andam inquietas em um mundo de tantos conflitos, desejos, cansaços e coisas deste tipo? Jesus sempre revela o lado duplo das coisas, nos direcionando em busca da boa escolha! Jesus revelou à Nicodemos, a sabedoria que nasce de um novo ser. “… você precisa nascer de novo!” Dizer a um rabino naqueles dias que ele precisava nascer de novo é como dizer a um juiz de nossos dias: “Sua justiça são como trapos de imundícias” (Isaías 64:06) “Somos como o impuro _ todos nós, todos os nossos atos de justiça são como trapos imundo”. O mundo precisa nascer de novo! O homem precisa nascer de novo! A vida, a sociedade, os valores, precisam nascer novamente! Ou sucumbiremos em decorrência de nossas próprias inaptidões! Jesus Revelou aos homens, o que o mundo nos reserva! Pense o mundo atual, Corona vírus (Peste) Afeganistão (Guerras e rumores de guerras), pense nos conflitos existenciais do ser humano, nas convulsões sociais, nos desequilíbrios ambientais, e logo de imediato, nos deparamos com o caos! Não uma previsão desconhecida, mas sim; uma situação prevista, saliente e discernente, reveladora proveniente dos lábios de Jesus! (Mateus 24 e 25).

“NEM SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM, MAS DE TODA PALAVRA QUE SAI DA BOCA DE DEUS”

Lucas 4:04.

Dá boca de Jesus saíram formas inovadoras e transformadoras de se ver a si mesmo.

Sempre há uma nova chance! “… onde estão os teus acusadores?” “…vai e não peques mais!”.(João 8:1-11).

Sempre poderemos escolher o bom caminho! “…Marta escolheu a boa coisa”. (Lucas 10:42).

Sempre é possível mudar de caminho. “…irei ter com o meu Pai e lhe direi: Pai pequei contra os céus e diante de ti, e não sou digno de ser chamado teu filho”. (Lucas 15:11-32).

Nem sempre encontrarás o caminho aberto! (Hebreus 3;15).

REFERÊNCIAS

FIGUEIREDO, Abel (1996). “Movo-me, Logo Existo!” Milleniun _ Revista do Instituto Politécnico de Viseu. nº2, Abril,pp.58-64

KOICHI, Sanoki; “Parábola Um Gênero Literário” http://revistas.pucsp.br/index.php/reveteo Revista Eletrônica Espaço Teológico ISSN 2177-952X. Vol. 7, n. 12, jul/dez, 2013, p. 102-112;

Telles dos Santos
O autor é Teólogo, Bacharel e Pós graduado em Teologia (PUC-PR). Faculdade Teológica Sul-americana (FTSA) Formado em Pedagogia Universidade Nove de Julho (uninove SP) e Pós Graduado em Neuropsicopedagogia pela Faculdade São Luís (SP) e pós graduado em Ciências da Religião. (Faculdade Batista de Minas Gerais). OBS.: Faço palestras sobre escatologia bíblica e outras doutrinas bíblicas, Conferências bíblicas e pregações em Igrejas e Eventos. Meu email. claudinei727@hotmail.com Caso queiram contactar-me.

Deixe uma resposta

Leia mais