18.7 C
São Paulo
quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Características do empreendedor: conheça as habilidades que você precisa desenvolver para ser seu próprio chefe

Você não se conforma com o fracasso e é louco por um desafio?

Se respondeu sim, saiba que em você há características que todo empreendedor precisa ter.

Neste artigo, vou lhe contar um pouco mais sobre essas e outras habilidades essenciais na vida de dono de negócio.

Estar preparado para agir

Uma das características do empreendedor fundamentais é estar pronto para tomar decisões constantemente, mesmo que a decisão seja não agir, e as vezes é uma questão de negar o ócio.

Elas são parte da rotina e exigem preparo e disposição em correr riscos.

O frio na barriga deve ser um aliado no dia a dia repleto de desafios.

Resiliência e paciência

Durante o caminho, algumas pessoas tentarão dissuadi-lo de colocar sua ideia em prática.

É quando você vai precisar de uma importante ferramenta, a clareza.

Para permanecer em busca de seu objetivo, é fundamental saber exatamente onde quer chegar e quais são os passos necessários.

Além disso, tenha consciência de que errar é parte do processo.

Insistir até conseguir é obrigatório para quem deseja ter sucesso em uma empreitada.

Autoliderança e liderança

Dentre as características do empreendedor mais importantes está a capacidade de ser seu próprio líder para estar apto a exercer liderança em outras pessoas, incorporar hábitos de equipe é necessário.

Assumir a responsabilidade sobre os próprios atos e permanecer sempre em busca de desenvolvimento pessoal são ações básicas para quem deseja estar em dia com a autoliderança.

A partir daí, liderar deve ficar mais natural.

Planejar e executar

Dentre as causas de fechamento prematuro de empresas está a falta de capacidade de planejamento dos gestores e neste caso o gestor é o empreendedor.

Deixar o barco correr e não se preparar antevendo-se para as surpresas do cotidiano, pode ter um custo alto.

O empreendedor de sucesso faz seu planejamento a curto, médio e longo prazo.

E os cumpre à risca, com autodisciplina e numa visão sistêmica.

Cultivar boas parcerias

Chegar longe sozinho é um caminho longo e propício a surpresas desagradáveis.

A capacidade de traçar boas parcerias é estratégia de quem sabe que para chegar ao topo um bom apoio é indispensável.

É lógico que existem dissabores na jornada empreendedora, mas, o filtro faz parte, faço alusão á parábola de Cristo da separação do joio e o trigo, o networking tóxico deve ser extirpado, inclusive se você puder ter um bloco de notas destas pessoas será ótimo, pois ao longo prazo alguém tenta voltar ou uma indicação vinda desse perfil deve ser observado imediatamente.

Por isso, as boas relações de negócios devem serem respeitadas, tornarão fundamentos essenciais para boas decisões no caminho empreendedorial.

Contar com a ajuda e a experiência de quem já passou pelo caminho a trilhar enche de motivação o coração esperançoso do empreendedor.

Olho na gestão

Delegar é importante para quem deseja escalar o negócio, mas é necessário cuidar bem de perto de assuntos vitais para uma empresa.

É o caso, por exemplo, das finanças – ter um monitoramento sistemático é o básico, eu apelidei isso de “sentar em cima do caixa”, e, quando o negócio cresce para isso existem bons softwares de gestão financeira dividido por camadas de validações e observações. Quem não conciliar o seu caixa financeiro, um dia terá um grande dissabor e tormento.

Não se trata de ser conservador por convicção, a ideia é ter ciência de todo o cenário da empresa e sua evolução para garantir uma vida próspera, longa e saudável.

Não ter medo de mudanças

Os riscos existem e é necessário estar disposto a corrê-los para sair do lugar comum.

A vida de empreendedor é repleta de altos e baixos e ter que recomeçar é uma grande possibilidade.

Seja por estratégia de mercado ou por falta de afinidade com o ramo inicialmente escolhido, pode ser que você seja direcionado para outro caminho.

E quando essa hora chegar, esteja pronto, aja.

Nunca parar de estudar

Sabe aquele problema que insiste em aparecer?

Talvez alguém possa ter passado por ele e tenha a solução pronta, basta você saber procurar. 

Busque sempre ficar atualizado quanto às novas práticas de mercado.

Para isso, escolha fontes confiáveis em seu ramo de atuação.

Para diminuir as chances de algo dar errado, planeje-se e estude continuamente de acordo com o necessário pro cenário em que está, não pense que apenas fazer um MBA você terá as melhores práticas para um dia fazer uso – jamais podemos invalidar fontes de conhecimento, estou dizendo sobre estudar, buscar entender e por em prática de imediato, pois conhecimento sem ação é um mero banco de dados vazio e inútil.

Saber ouvir

Não existe ninguém que tenha razão o tempo todo.

Sempre haverá alguém que saiba mais que você sobre determinado assunto.

Tenha a humildade de aceitar ajuda quando precisar.

Conclusão

Construir um negócio e fazê-lo dar certo é tarefa para alguém multidisciplinar e disposto.

Mas não pense que todo empreendedor nasce com as habilidades aqui mencionadas.

As características do empreendedor podem ser desenvolvidas, apenas comece.

Bom trabalho e grande abraço.

Adm. Rafael José Pôncio

Rafael José Pônciohttp://www.empreenderegerir.com.br
O autor é Empreendedor e Administrador de Empresas, com MBAs em Gestão, e, atualmente Mestrando em Administração.

1 COMENTÁRIO

  1. Muito bom seu artigo, e certamente ser seu prórpio chefe é a melhor coisa, e mesmo que exija mais desempenho inicial, com certeza vale a pena.

Deixe uma resposta

Leia mais

%d blogueiros gostam disto: