18.3 C
São Paulo
domingo, 7 de agosto de 2022

A sociedade avança à medida que surgem homens desprendidos de si mesmos e preocupados com o próximo

A evolução social é construída através de pessoas que abraçam verdadeiramente às questões pertinentes ao crescimento do ser humano. E precisamos muito dessas pessoas, que são luzes a iluminarem as trevas da inércia e ignorância. Inércia, pela falta de ação benéfica ao próximo, e ignorância, pela falta de construção de uma consciência coletiva para o bem comum.

A humanidade sempre necessitou de guias para as conduzirem, espiritualmente e politicamente. É fato que para vivermos em harmonia necessitamos de uma sociedade organizada. O prejuízo está quando seguimos e apoiamos pessoas más intencionadas. No campo da política, uma decisão mal tomada muda para pior o curso social. O que devemos fazer afinal?

Devemos procurar em conhecer quem realmente tem vocação para nos representar. Por falar em vocação posso exemplificar com o Diretor de Cultura do município de Aparecida de Goiânia, João Batista, mais conhecido como Joãozinho Igualdade. Sempre engajado em sua comunidade, principalmente na paróquia São João Batista, onde exerce sua religiosidade e caridade para com o próximo. Além disso, como homem público em seu labor, defende as minorias, combatendo os diversos preconceitos da ignorância, e isso na prática, com eventos de diversidade cultural. É muito bom saber que temos pessoas assim, em que a moral e a ética fazem parte do seu próprio ser. É esse tipo de ser humano que precisamos observar para que possa nos representar.

Como bem disse no título desse artigo, a sociedade avança à medida que surgem homens desprendidos de si mesmos e preocupados com o próximo, contudo, cada um precisa fazer sua parte e saber o que de fato será um bem comum. O poder de decisão é de todos, não culpemos somente aos outros, por erros que também são nossos.

Deixe uma resposta

Leia mais

Patrocínio