20 C
São Paulo
terça-feira, 2 de março de 2021

O último dia de Donald Trump como presidente dos EUA

A menos de 24 horas de deixar o cargo mais importante da política americana, e um dos mais influentes do mundo, Donald Trump entra para a história como o único presidente até então a sofrer dois processos de impeachment pelo congresso americano. E não foi para menos.

Após a incitação para que apoiadores marchassem até o Capitólio, o republicano recua em seu discurso e diz que fará uma transição pacífica e ordeira. Mesmo afirmando que não estará presente para a posse do presidente eleito, Joe Biden.

Sob a alegação reafirmada de que os resultados eleitorais que o derrotaram na eleição de novembro de 2020 foram fraudulosos, Donald Trump manda um recado de insatisfação e de não reconhecimento da derrota para o democrata, o que pode acirrar os ânimos durante a cerimônia de transição e de posse do cargo mais poderoso da política mundial.

Tropas da Guarda Nacional dos Estados Unidos estão alojadas nos pavilhões do Capitólio há semanas, a fim de evitar tumultos, desordens e uma possível nova invasão ao prédio do congresso americano.

Após a histórica invasão, ocorrida em 06 de janeiro pelos apoiadores do presidente republicano, diversas forças de segurança fazem o patrulhamento e investigações necessárias para assegurarem uma transição de poder sem quaisquer constrangimentos por parte de ambos os lados republicanos e democratas.

Wallysson Maiahttps://wallymaia.blogspot.com/
Walisson Jonatan de Araújo Maia (Wallysson Maia) é graduado em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Suas Respectivas Literaturas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte; blogueiro, designer e professor.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Leia mais

Notícias